O filme não foi construído com a mesma responsabilidade estética que a de uma película convencional. Com isso, a atuação ganha um certo ar de naturalidade.

O psicanalista do amor Benjamim Schianberg que leva o título da película foi inspirado no personagem de mesmo nome, citado diversas vezes pelo protagonista do livro de Marçal Aquino, “Eu Receberia as Piores Notícias de seus Lindos Lábios”.

O romance de Marçal parece ser construído a base de uma estrutura, que se assemelha a de um roteiro cinematográfico. As frases do narrador protagonista de maneira direta. A história é contada de forma não linear. Confira um trecho do livro.

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.