Para incentivar a educação por meio da arte de rua, o portal Programa Ser disponibiliza vídeos explicativos e imagens de obras de artistas de rua no Brasil e no mundo. A iniciativa foi realizada pela Capgemini, empresa de Tecnologia da Informação.

Reprodução

Créditos: Reprodução

Projeto "Muros da Memória" pode fazer parte de conteúdo de aulas de história

A ideia é inspirar jovens utilizando murais e outros tipos de intervenções artística no espaço público.  Expondo os jovens a um tipo de arte mais próximo de sua realidade, o projeto mostra não apenas que ser artista de rua é uma opção viável de trabalho, mas também apresentar o projeto como ferramenta para professores abordarem assuntos que parecem monótonos para os alunos.

Um dos exemplos de graffiti que pode ser usado nas salas de aula é o projeto "Muros das Memória", de Eduardo Kobra, que lembra a época das décadas de 1920 e 1930 na cidade de São Paulo.