Cidades como São Paulo são formadas por milhões de pessoas. Cada uma delas tem uma história, mas a maioria passa despercebida diante da multidão. Quando se trata de moradores de comunidades isso ainda é mais claro. Para muitos é como se eles não existissem. Contar a história por trás desses rostos anônimos e comumente ignorados é o que faz o projeto Inside Out São Paulo.

O projeto criado pelo artista de rua francês JR já rodou o mundo e agora chega à Favela do Moinho, centro de São Paulo. Seu objetivo é, por meio das fotografias, dar visibilidade às histórias e aos rostos das pessoas comuns, expondo-os em vários lugares da cidade. “Nós existimos”, é a imagem que se espera passar dessa gente.

A primeira fase do projeto começou em abril, quando a equipe do Inside Out São Paulo começou a frequentar a comunidade do Moinho, conhecendo os moradores, fotografando e fazendo vídeos das suas histórias.

A arrecadação de fundos foi realizada com sucesso por meio de crowdfunding (financiamento coletivo) junto ao Catarse. Agora começa a segunda fase. Entre agosto e setembro serão coladas as fotos gigantes que vão formar as bocas, narizes e olhos que encaram a cidade. Para complementar as intervenções – que estarão não só na comunidade do Moinho, mas também em outros pontos do centro de São Paulo – os vídeos feitos com os personagens serão colocados na internet.