Créditos: Reprodução / TV Globo

O rompimento poluiu o ribeirão Santo Antônio

Um mineroduto da britânica Anglo American se rompeu nesta segunda-feira, dia 12, em Minas Gerais, na região da Zona da Mata, e poluiu o ribeirão Santo Antônio. O manancial abastece o município de Santo Antônio do Grama (MG), com população de cerca de 4,2 mil pessoas. Caminhões-pipa foram enviados pela mineradora para atender aos moradores da cidade.

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad), a empresa alegou que "o incidente provocou uma despressurização na linha tronco, projetando polpa de minério para o acesso municipal e para o leito do Ribeirão Santo Antônio".

Selo Facilite

A Semad informou que a situação está sendo monitorada por equipes do órgão e da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), responsável pelo abastecimento de água das cidades mineiras. Não há informações sobre possíveis penalidades à mineradora por parte do órgão.

De acordo com informações da Agência Brasil, o duto rompido transporta a produção da Anglo American de Minas Gerais ao Rio de Janeiro. Por ser um empreendimento que envolve mais de um estado, o licenciamento ambiental da estrutura foi feito pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama) e tem validade até 2021.

Uma equipe do Ibama foi enviada ao local para avaliar os impactos do ocorrido e decidir sobre possíveis sanções administrativas. No entanto, a suspensão da licença não é cogitada.

A Anglo American emitiu um comunicado e informou que, após o rompimento, a prefeitura de Santo Antônio do Grama, a Defesa Civil, a Copasa, a Semad e o Ibama foram imediatamente comunicados. A mineradora ainda disse que não houve vítimas e o fluxo do mineroduto foi interrompido de forma que, neste momento, apenas água está sendo escoada pela estrutura.

Veja o conteúdo na íntegra.

Assista ao vídeo:

MAIS UMA TRAGÉDIA ECOLÓGICA EM MINASMineroduto da Anglo American se rompeu na manhã desta segunda-feira (12/8),...

Posted by Jornalistas Livres on Monday, March 12, 2018

  • Leia também:

Estudo: os impactos do desastre em Mariana na saúde da população