Créditos: Carlos Alkmin / Bikxi

A empresa oferece transporte com bicicletas elétricas em São Paulo

Um serviço de transporte compartilhado, que contribui para diminuir o trânsito em São Paulo e ainda ajuda a preservar o meio ambiente. Essa é a proposta da startup Bikxi (uma mistura de bike + táxi): um aplicativo que oferece uma bicicleta elétrica, dupla e com pedais independentes, para transportar os usuários pela capital paulista.

Ao pedir uma bike pelo app, a pessoa informa a localização e o lugar para onde pretende ir. Em seguida, a plataforma mostra o caminho até o ponto de encontro da rota mais próxima. No local, chegará a bicicleta e o motorista, o Bikxer, que entregará um capacete.

Créditos: Divulgação / Bikxi

Por enquanto, o aplicativo tem duas rotas disponíveis

O aplicativo ainda não foi lançado (a previsão é para setembro), mas o serviço já está acontecendo nas ruas da cidade de forma gratuita (para solicitar, clique aqui). Após o lançamento, os trajetos serão cobrados pela distância e o pagamento feito por meio do sistema, que também mostrará a quantidade de CO2 que o usuário deixou de emitir nas corridas.

Por questões de segurança, os percursos só podem ser feitos em ciclovias, em duas rotas: da Faria Lima até a Berrini (já disponível) e da ciclovia da Paulista até a Vila Mariana (ainda não disponível). A ideia é expandir para mais rotas e cidades no país.

Em apenas 20 dias de operação, o serviço atingiu cerca de mil pedaladas por São Paulo.

  • Veja abaixo como funciona:
  • Use o aplicativo para solicitar uma corrida ou chame um Bikxer diretamente na ciclovia;
  • Siga até o ponto de encontro indicado no app;
  • Curta o passeio e veja o trânsito ficar para trás (você pode pedalar junto ou apenas relaxar);
  • A corrida será automaticamente paga através do aplicativo ou via máquina de cartão de crédito ou débito.

Saiba mais no Facebook e Instagram.

Assista ao vídeo de lançamento:

  • Leia mais:

Uso de bicicletas dobrou em 10 anos no Brasil, diz estudo