Créditos: André Tambucci / Fotos Públicas

Paulistanos aproveitam domingo de sol no Minhocão, região central de São Paulo

Um projeto de lei que cria o Parque Minhocão no Elevado Presidente João Goulart, no centro de São Paulo, foi aprovado pela Câmara Municipal na noite desta quarta-feira, dia 13. De acordo com o texto, após 30 dias da entrada em vigor, o viaduto fechará para carros sábado o dia inteiro e, em 90 dias, fechará às 20h durante a semana.

A proposta prevê, ainda, que dentro de seis meses o fechamento será durante todos os meses de janeiro e julho, o que coincide com as férias escolares. No entanto, as mudanças ainda dependem da aprovação do prefeito João Doria (PSDB). Ele tem 30 dias para aprovar o projeto, vetar parte do texto ou vetar a nova legislação por completo.

O texto também determina que a Prefeitura deverá promover eventos culturais, esportivos e de lazer no elevado, o que torna obrigatório fazer alterações na estrutura para garantir a segurança do local. A gestão terá o prazo de dois anos para apresentar um Projeto de Intervenção Urbanístico (PIU) para a área ao redor do parque.

O projeto foi aprovado por votação simbólica. Votaram contra o texto os vereadores Fernando Holiday (DEM), Gilberto Natalini (PV), Soninha Francine (PPS), Sandra Tadeu (DEM), Caio Miranda (PSB), Janaína Lima (NOVO), Gilson Barreto (PSDB), André Santos (PRB), João Jorge (PSDB), Davi Soares (DEM), Rinaldi Digilio (PRB) e Toninho Vespoli (PSOL). Os vereadores Eduardo Suplicy (PT) e Sâmia Bomfim (PSOL) se abstiveram.

  • Leia mais:

SP vai ganhar roda gigante feita por arquitetos da London Eye