Quem nunca desconfiou daquele conteúdo suspeito que recebeu por mensagem no Whatsapp? Os golpes cibernéticos estão presentes na internet brasileira e são muito mais comuns que você possa imaginar! Só em janeiro, cerca de 2,5 milhões de pessoas foram enganadas pelo aplicativo de mensagens.

Normalmente, os golpes vem em formato de supostas promoções que até mesmo seus contatos estão compartilhando via mensagem em grupos ou privado - mas é muito provável que essa pessoa tenha sigo enganada, e assim o ciclo vai se repetindo com milhões e milhões de usuários.

Whatsapp

Créditos: IStock

Saiba como aproveitar o Whatsapp de forma segura!

Para fugir da cilada, confira quatro dicas contra os golpes do Whatsapp:

  1. Sempre desconfie de promoções ou "coisas gratuitas" que te enviam por mensagem.
    Nem todos os casos são golpes, mas é importante confirmar a procedência da informação e pesquisar com a loja em questão. Vale entrar no site, ligar no SAC da empresa e tentar descobrir se a informação é real.
  2. Sempre fique atento ao formato da mensagem que chega até você. Se a promoção conter erros de português, alerta vermelho! E, se além disso, ainda pedir para você compartilhar com outros contatos do seu Whats, é golpe!
  3. Muito cuidado ao inserir informações pessoais no cadastro dessas falsas promoções. Alguns golpes têm a finalidade de usar o seu número de telefone e até dados bancários sigilosos - que são transformadas em cobranças indesejadas e acesso à plataformas pessoais da vítima.
  4. Para se sentir 100% seguro, você ainda pode baixa um aplicativo de proteção no seu aparelho celular, são alguns deles o Psafe e a Kaspersky - ambos gratuitos para baixar.

  • Você curte ou não curte?

Facebook inicia testes do botão 'não curtir' para comentários