Créditos: Divulgação

"The Walking Dead"

A série "The Walking Dead" já teve muitas mortes, mas nenhuma chocou tanto os fãs quanto a de Glenn, no início da sétima temporada.

O ator Steve Yeun, que interpretou o personagem, um dos mais queridos da atração, deu uma entrevista à Variety em que critica a forma como a morte de Glenn foi conduzida.

“Vou ser honesto e declarar uma coisa pela qual eu assumo total responsabilidade. Posso não ser objetivo, mas eu realmente senti que as pessoas não sabiam o que fazer com o Glenn. As pessoas gostavam dele, não tinham nenhum problema com ele e as pessoas curtiam ele”, contou Yeun.

Yeun também criticou o modo como Glenn foi morto, afirmando que a cena em que o personagem tem o crânio esmagado pelo taco de beisebal de Negan (Jeffrey Dean Morgan) foi a mais "gory" [sangrenta e nojenta] de todo o seriado. “As pessoas têm suas entranhas esmagadas e suas cabeças quebradas, mas essa [a morte de Glenn] pareceu gratuita, porque 1- continuou acontecendo, e 2 – acho que eles mataram alguém que eu não sabia que eu tinha tanta conexão com até ele ser levado embora", confessou.

O ator questionou ainda a disparidade entre Glenn e outros personagens da trama, como Daryl (Norman Reedus) e Michonne (Danai Gurira), cujas histórias são mais reconhecidas. Para Yeun, Glenn não teve o destaque merecido. “Ele sempre teve que fazer parte de alguma coisa para se legitimar. Ele raramente estava sozinho. E quanto estava sozinho, demorou muitos anos para convencer as pessoas de que ele estava sozinho”, lamentou.

  • Leia mais:

Musa do The Walking Dead compartilha foto amamentando