Créditos: Reprodução/Instagram

Colby Covington, lutador norte-americano do UFC

É unânime que ninguém gosta de ler spoilers nas redes sociais. Colby Covington, lutador norte-americano do UFC, conseguiu deixar os fãs de "Star Wars" irritados quando contou o final do último filme da franquia, “Star Wars - Os Últimos Jedi”, em seu perfil no Twitter.

O lutador, que compete nos pesos meio-médios (77kg), contou sobre o que ocorreu em um programa de rádio nos EUA. Segundo ele, recebeu ameaças e alguns até apelaram para que o Estado Islâmico resolvesse o “problema”.

*ATENÇÃO, SPOILER NO TUÍTE ABAIXO*

“Vamos ser honestos. ‘Star Wars’ é para nerds e virgens. Eu fiz um favor. Eles deveriam estar me agradecendo e não me mandando ameaças de morte. E não, não assisti o filme. Eu estava transando", disse Covington.

“Todas as pessoas que me odeiam são virgens, então é fácil destruir as suas vidas patéticas. Fala sério. Eu não tenho duas horas e meia para gastar na p**** da minha vida com um filme retardado como esse”, disparou.

O lutador, inclusive, é o mesmo que já disse odiar o Brasil quando esteve no país para o UFC São Paulo para enfrentar o brasileiro Demain Maia.

J.J. Abrams é confirmado para 'Star Wars: Episódio IX'