Em 2008, a Marvel dava o primeiro passo para criar o seu universo no cinema. O lançamento do filme “Homem de Ferro”, com Robert Downey Jr, era uma aposta arriscada, mas hoje, quase 10 anos depois, as produções lançadas sob o selo da Marvel viram um sucesso instantâneo e conquistaram, inclusive, a Netlflix, que acabou de lançar o trailer da nova série “Os Defensores”, que estreia em agosto.

Além das séries originais, a Netflix tem vários outros filmes do universo Marvel. Não são todos, mas já dá para ter uma ideia do tamanho desse universo recheado de heróis e vilões e do porquê de tanta popularidade.

Reprodução / Netflix

Créditos: Reprodução / Netflix

Robert Downey Jr em "Homem de Ferro"

Homem de Ferro (2008 / 2010 / 2013) – Homem de Ferro foi escolhido como o herói para dar o pontapé inicial nos filmes da Marvel no cinema. Dirigido por Jon Favreau, o filme foi um sucesso de crítica e mostrou que o público realmente queria ver produções de super-heróis no cinema. O longa ganhou duas continuações que introduziram novos personagens ao universo Marvel e abriram caminho para produções mais ousadas como o filme do grupo Vingadores.

Reprodução / Netflix

Créditos: Reprodução / Netflix

Cena de "Thor - O Mundo Sombrio"

Thor (2011 / 2013) – Os filmes do herói vindo do planeta Asgard são considerados os mais fracos da Marvel, mas são importantes ao apresentador o loiro musculoso de martelo e um dos principais vilões desse universo, presença constante em outros filmes da editora de HQs, Loki, o irmão de Thor. O herói ganha um terceiro filme no final de 2017.

Reprodução / Netflix

Créditos: Reprodução / Netflix

Chris Evans é o Capitão América

Capitão América (2011) – Capitão América foi durante anos o herói símbolo dos EUA e ganhou uma leitura bem fiel nesse primeiro filme dirigido por Joe Johnston e estrelado por Chris Evans. Apesar de divertido, o longa é bem inferior às suas continuações. O segundo longa do personagem e um dos melhores do Universo Marvel está programado para entrar no catálogo da Netflix ainda em maio. O terceiro, lançado nos cinemas em 2016, ainda não tem data para ficar disponível na plataforma.

Reprodução / Netflix

Créditos: Reprodução / Netflix

"Os Vingadores"

Os Vingadores (2012) – Lançado como o maior filme de super-heróis de todos os tempos, o longa reúne o Homem de Ferro, Hulk, Capitão América, Thor, Viúva Negra e outros personagens das histórias em quadrinhos da Marvel em uma produção que marcou o sucesso da empreitada da editora nos cinemas. O longa já ganhou uma continuação com mais heróis, mas ainda não está disponível na Netflix.

Reprodução / Netflix

Créditos: Reprodução / Netflix

Série do personagem Demolidor

Demolidor (2015 / 2016) – Com os sucessos dos filmes da Marvel na tela grande, a editora decidiu apostar grande e assinou um contrato de parceria com a Netflix para lançar produções originais no serviço de streaming. A primeira delas foi a série do personagem Demolidor , um advogado cego com os sentidos aguçados graças a um acidente na infância. As duas temporadas estão disponíveis, a segunda com participações dos personagens Elektra e Justiceiro.

Reprodução / Netflix

Créditos: Reprodução / Netflix

"Jessica Jones"

Jessica Jones (2015) – Depois do sucesso de “Demolidor”, a Marvel e a Netflix lançaram uma série original sobre a personagem Jessica Jones, uma detetive particular com poderes e habilidades especiais. A ideia já era criar o próprio grupo de heróis da Marvel na Netflix, os Defensores.

Reprodução / Netflix

Créditos: Reprodução / Netflix

"Luke Cage"

Luke Cage (2016) – A série sobre um ex-presidiário que acaba se tornando herói para provar sua inocência e limpar seu nome não teve a mesma repercussão das produções com o Demolidor e Jessica Jones, mas introduziu novos personagens ao universo Marvel na telinha.

Créditos:

"Punho de Ferro"

Punho de Ferro (2017) – Antes de lançar a série de “Os Defensores”, a Marvel a e a Netflix lançaram uma temporada sobre esse personagem que ressurge com poderes especiais depois de ser dado como morto. A série foi um fracasso de crítica, mas fechou o ciclo para o lançamento de “Os Defensores”.

Apesar de serem heróis da Marvel, vários outros personagens ganharam longas fora do universo audiovisual criado pela própria editora. Alguns dessas produções estão disponíveis na Netflix, caso dos péssimos filmes “O Demolidor” (2003), com Ben Affleck, e “Elektra” (2005), com Jennifer Garner.

A elogiada continuação de “Homem-Aranha”, dirigida por Sam Raimi, em 2004, também está disponível na Netflix, assim como o reboot estrelado por Andrew Garfield em 2012: “O Espetacular Homem-Aranha”. Outro reboot disponível é o de “O Incrível Hulk” (2008), com Edward Norton e Liv Tyler.

O personagem obscuro “Motoqueiro Fantasma” (2012) também ganhou um longa com Nicolas Cage, disponível na Netflix, assim como séries com o selo Marvel, mas que não são originais da plataforma: “Agents of S.H.I.E.L.D” (três temporadas) e “Agente Carter” (duas temporadas).

  • Leia mais:

11 filmes e séries sobre serial killers para assistir na Netflix