Murilo de Souza Cargiano nasceu em 1993 e mora em Brasília. Hoje, com apenas 15 anos, já lançou um livro. Mas este talento não vem de agora. Filho de um escritor, cresceu em meio à literatura. Incentivado pela sua família, começou a escrever pequenos textos aos nove anos como passatempo. Quando perguntado de onde vem a sua inspiração, ele diz que as ideias simplesmente surgem.

divulgação

Créditos:

Murilo Souza Cargiano

Aos poucos, esse passatempo foi ficando mais frequente e foi sendo levado bem mais a sério. Murilo começou a escrever principalmente sobre seu cotidiano, e outros temas como a ficção. A junção da ficção e realidade resultou em “o livro dos poligotes”, que foi escrito quando o autor tinha 11 anos, mas só foi publicado quando tinha 15.

Hoje em dia, Murilo não escreve muitos textos e não tem nenhum livro em andamento ou um projeto para o outro. Na literatura, está mais focado na poesia. Ele conta que conheceu outro garoto pela Internet e os dois costumam se “desafiar” passando temas um para o outro. Quando se sente interessado por um tema, escreve uma poesia.

Para o futuro, o garoto de Brasília não sonha com a profissão de escritor, mas diz que isso pode ser uma opção de trabalho. Mas, com apenas 15 anos e já com um livro lançado, e com tantas histórias ocorrendo em Brasília é bem possível que ele acabe virando um grande escritor.

De Jonas Worcman - especial para o Catraca Livre**

Jonas Worcman de Matos tem 14 anos e é estudante da Escola da Vila. Escreveu "A Casa do Franquis Tem". Veja mais