O conjunto de países que têm a língua portuguesa como a oficial é, em sua grande maioria, formado por territórios que se localizam na África (Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Guiné-Equatorial). Isso explica o porquê de muitas palavras de nosso vocabulário terem origem africana.

Todos esses países fazem parte do PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa), dos quais herdamos preciosos aspectos da cultura africana, trazida para cá pelos africanos que foram sequestrados ao Brasil na época da escravidão.

Bem comum em nosso cotidiano, há palavras que mal sabemos que provém da África e suas línguas nativas. O blog Raiz do Samba fez uma lista improvisada com vários termos e seus significados.

Abadá, babá, birita, bunda, cafundó, canjica, carimbo, coque, dengoso, fubá, jiló, lambada, larica, matuto, maxixe, miçanga, mochila, moleque, tagarela, xepa, zoeira, tanga, sova, sapeca, pindaíba e muito mais. Confira lista com todas as palavras aqui.