Segundo pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), cerca de 53% das redes franqueadoras brasileiras estão concentradas no estado de São Paulo, seguido pelo Rio de Janeiro, com 11% do total.

Juntos, os dois estados concentram 43,8% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. São dois pólos com enormes oportunidades para empresas de diferentes segmentos e para os profissionais que desejam construir uma carreira.

Créditos: Divulgação

Atualmente com oito unidades em operação no estado de MG, a rede Fórmula Pizzaria do mineiro Henrique Mol, criada em 2014, tem como principal foco o serviço rápido e lojas compactas para agilizar o funcionamento

Porém, outras localidades também se destacam e oferecem oportunidades para os empreendedores. Vitória, Porto Alegre e Belo Horizonte, por exemplo, são mercados sólidos e que ainda contam com espaço para o crescimento de redes de franquias.

Confira abaixo cinco redes que nasceram fora do eixo Rio-SP e que vêm apresentando bons resultados:  

Criada em 2009, na cidade de Vitória, no Espírito Santo, a Super Estágios é a primeira rede de franquias de estágios do Brasil homologada pela ABF. A empresa se destaca por disponibilizar vagas de estágio em sua plataforma online, que já ajudou mais de 1 milhão de estudantes a ingressar no mercado. Em 2016, a empresa faturou R$30 milhões e conta com 14 unidades em operação. Para investir em uma unidade da Super Estágios, o investimento indicado pela franqueadora é de R$170 mil com prazo médio de retorno previsto para sete meses.

É uma rede de franquias de pizza em fatias que nasceu em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. A empresa utiliza sistema de ultracongelamento à base de hidrogênio, que conserva as pizzas sem conservantes por até três meses sem que o sabor do produto seja alterado. A Oca conta com 36 unidades em operação e faturou 10 milhões em 2016. Para investir em uma unidade da rede, o valor indicado é a partir de R$250 mil com prazo de retorno previsto para 24 meses.

É uma plataforma de relacionamento empresarial de compra e venda de produtos e serviços por meio de permuta multilateral. A empresa começou em Belo Horizonte, em Minas Gerais, no ano de 2012 e entrou para o mercado de franchising em 2015. Com oito unidades em atividade, já movimentou mais de R$70 milhões em negociações e conta com cerca de 460 associados. O faturamento da rede em 2016 foi de R$ 1.850.000 e a previsão para 2017 é de aproximadamente R$ 3,5 milhões. O investimento inicial é a partir de R$ 100 mil e o prazo médio para retorno é de 16 a 22 meses. 

Pioneira em depilação no Brasil, a Depyl Action entrou para o franchising em 1996, e tem sua sede em Belo Horizonte, Minas Gerais. A rede, que possui 103 unidades, sendo duas na Venezuela, foca na valorização da beleza e no bem-estar dos clientes. Em 2016, o negócio registrou um faturamento de R$ 100 milhões. O investimento inicial para adquirir uma unidade da rede é a partir de R$ 340 mil e o prazo médio de retorno é de 24 a 48 meses. 

A Restaura Jeans, rede de franquias de restauração, limpeza de vestuário e acessórios, nasceu em 1991, em plena crise econômica, em Santa Maria, Rio Grande do Sul. O fundador, Flávio Conrad, costumava tingir suas próprias camisas e calças usadas para dar vida nova às peças e resolveu transformar isso em um negócio promissor. O investimento inicial é a partir de  R$ 70 mil e o prazo médio para retorno é de quatro meses. Hoje a Restaura Jeans tem mais de 230 franquias e pretende encerrar 2017 com 250 unidades. 

Trata-se de uma rede de franquias de entretenimento que trabalha com máquinas de realidade virtual em 9D – novidade no mercado brasileiro. O equipamento pode ser instalado em locais de grande fluxo de pessoas como supermercados, shoppings, galerias, aeroportos, metrôs e grandes eventos. A rede foi lançada em setembro de 2017 na cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais, pelo empreendedor Henrique Mol. O investimento inicial é de R$ 90 mil e o prazo médio para retorno é de 4 a 6 meses. A rede estima fechar o ano com faturamento de R$ 1 milhão e visa atingir R$ 9 milhões em 2018.

Fundada em 2010, em Minas Gerais, o Grupo Odontológico Unificado Franchising (GOU), é uma rede de franquias especializada em tratamentos ortodônticos e clareamentos dentais. A empresa, que possui sede na cidade mineira de Uberlândia, conta com 116 unidades vendidas no Brasil. O investimento inicial varia entre R$200 mil e R$360 mil. O prazo médio de retorno fica entre 18 e 36 meses.

A rede de franquias de pizzaria nasceu em 2014 no estado de Minas Gerais. Como estratégia, aposta no modelo compacto de lojas com uma única central de atendimento para delivery. O investimento inicial é a partir de R$ 145 mil no modelo delivery e tem como perspectiva de faturamento de R$ 70 mil.

A rede de clínicas médicas nasceu no Rio Grande do Sul em 2009 com diversas especialidades e tem como missão oferecer atendimento médico, odontológico e exames para a população brasileira a baixo custo. Possui opções de franquias com investimento inicial de R$ 180 mil, no modelo Centro Médico Compacto e a estimativa de faturamento é até R$ 700 mil.

Criada no Mato Grosso do Sul, a rede oferece uma alternativa para as pessoas que não conseguem pagar uma empregada doméstica ou diarista e precisam de uma solução para os cuidados das roupas. Na Lava e Leva, o cliente paga um valor fechado por mês e tem todas as suas roupas lavadas e passadas. Com mais de 320 unidades no Brasil, para investir em uma unidade o investimento é de R$ 40 mil e a estimativa de faturamento é R$ 18 mil.