A norte-americana Katherine Stone, 20 anos de idade, teve a casa onde morava com sua família em Seattle, nos Estados Unidos, arrasada por um incêndio.

Desesperada, Katherine tomou a decisão de vender sua virgindade e usar o dinheiro arrecadado para ajudar sua família. "Eu estou fazendo isso porque eu amo minha família", disse. E complementa: "Eu tenho o direito de escolher o que eu faço com o meu corpo".

Em entrevista à CNN, ela disse que teve essa ideia depois de ver alguns anúncios no Facebook sobre os bordeis legalizados do Estado de Nevada, nos EUA. "Eu descobri tudo sobre os bordéis e o dinheiro. Isso me fez pensar: 'Uau, é uma oportunidade de consertar tudo o que eu preciso corrigir'."

1/3

Crédito da imagem: Reprodução

Anúncio do bordel para a venda da virgindade de Katherine

2/3

Crédito da imagem: Reprodução

Katherine Stone, de 20 anos de idade

3/3

Crédito da imagem: Reprodução

Katherine Stone, de 20 anos de idade

  • Crédito da imagem: Reprodução

    1/3

    Anúncio do bordel para a venda da virgindade de Katherine

  • Crédito da imagem: Reprodução

    2/3

    Katherine Stone, de 20 anos de idade

  • Crédito da imagem: Reprodução

    3/3

    Katherine Stone, de 20 anos de idade

O próximo passo de Katherine foi entrar em contato com Dennis Hof, proprietário do bordel Moonlite Bunny Ranch, e propor um acordo no qual Hof ficaria com metade do valor arrecado com a venda de sua virgindade.

Até o momento Katherine não recebeu nenhuma oferta por sua virgindade, mas espera conseguir arrecadar mais de 400 mil dólares, de acordo com a reportagem da CNN.

"Eu estou esperando por um homem que eu sinta uma conexão que torne a experiência especial para nós dois. Não é realmente apenas sobre o dinheiro", finaliza.