Já imaginou fazer aniversário mais de uma vez por ano? Lynlee Boemer tem essa sorte já que, tecnicamente, 'nasceu' duas vezes. Os médicos tiveram que fazer uma cirurgia para retirarem um tumor e depois devolveram o bebê ao útero da mãe.

lynlee1

Créditos: Reprodução/Facebook

Lynlee é um dos 35 mil bebês que são diagnosticados com tumor antes de nascerem

Quando Margaret Boemer estava na 16ª semana de gravidez, ela foi informada que a criança tinha um câncer em seu cóccix e que ambos estavam competindo por sangue. A mãe, então, tinha duas opções: abortar ou realizar uma cirurgia no bebê para tirar o tumor.

lynlee2

Créditos: Reprodução/Facebook

A mãe escolheu realizar a cirurgia para salvar a vida da bebê

Ela escolheu a segunda e, antes do nascimento oficial da criança, Lynlee foi retirada do útero por meio de uma cesárea. A operação durou 20 minutos e depois ela foi colocada de volta à barriga de Margaret.

A bebê nasceu de novo - e pela última vez - 12 semanas depois. Ela passou por outras cirurgias para acabar com os resquícios do câncer e, finalmente, pode ir para casa.

lynlee

Créditos: Reprodução/Facebook

Com oito dias de vida, ela passou por cirurgias para tirar os restos do tumor

Tumores como este são o mais comum entre recém-nascidos, mas, ainda assim, são raros, afetando por volta de 35 mil bebês.