Jodie Shaw e seu filho

Créditos: Reprodução / Instagram

Jodie Shaw e seu filho

A britânica Jodie Shaw decidiu compartilhar sua história e uma fotografia de sua cicatriz nas redes sociais após realizar uma cesárea. A imagem foi publicada com o intuito de esclarecer e desmistificar algumas questões que envolvem o parto natural e a cesariana.

Em seu relato, ela explicou que, mesmo tendo planejado um parto natural, acabou tendo que realizar a cesária por questões de saúde. No texto, ela critica o fato de que algumas mães têm sugerido que ter um filho por meio de uma cesariana não seria "dar à luz".

UPDATED POST http://birthwithoutfearblog.com/2016/10/19/proud-of-my-scar/ A new day and a what seems to be another new post from someone insinuating that giving birth by caesarian means that you didn't give birth. Can we please just stop! I obviously can't change people's views but I've decided to post this picture to see if it may make people understand that despite what our birth plans might say. Sometimes we don't get a choice. I didn't get a choice. I had a fibroid the size of a melon sat on my cervix and a low lying placenta which meant that Ive been left with no ordinary csection scar. But whether you believe this or not. I gave birth to my baby. . So next time you judge someone for not doing what you consider to be "giving birth" please take a minute to think about why they may have had to deliver that way. Think about the fact that given the choice they probably wouldn't of chosen this but had no choice. Why would you choose a major operation and 6 weeks of recovery? Anyway. This scar saved me from losing a life threatening amount of blood and meant my baby was brought into this world as she should be. Healthy and unharmed, as was I. (Pic taken 2 days postpartum. Now 18weeks postpartum) #proudofmyscar #csection #csectionscar #csectionbaby #postpartum #postpartumrecovery #classicalsection #postpregnancy #cesarean #cesareanbirth #igavebirth #beproud #markoflove #ididnthaveachoice #dontjudgeme #mothersshouldsupporteachother #healthy #happy #changeyourmindset #mums #moms #pregnancypost #mumblog

Uma foto publicada por Jodie Shaw (@mrsjodieshaw) em

“Eu obviamente não posso mudar a opinião das pessoas, mas decidi publicar essa imagem para fazer as pessoas entenderem que, apesar de nossos planos de parto, algumas vezes nós não temos escolha. Eu não tive escolha. Eu tinha um  mioma do tamanho de um melão no colo do útero e placenta prévia, o que significa que eu não fiquei com uma cicatriz de cesariana normal. Mas, acredite ou não, eu dei à luz ao meu bebê“, escreveu a mãe.

“Por que você escolheria passar por uma grande operação com seis semanas de recuperação?“, pergunta ela. “Essa cicatriz me salvou de perder uma quantidade fatal de sangue e significa que meu bebê foi trazido a este mundo como deveria ser. Saudável e ileso, assim como eu“.

No blog do Birth Without Fear, a mãe ainda relatou o por que de sua cicatriz ser vertical. Ela explica que em sua primeira gestação também deu à luz por meio da cesariana. Por conta dos problemas enfrentados em sua segunda gravidez, os médicos não conseguiram "reabrir" a cicatriz que ela já tinha. Por isso, ela teve que apelar à cesariana "clássica", método que envolve uma incisão vertical.