Victor Miron, um jovem da Romênia, queria promover a leitura em seu país. Ele acredita que é importante recompensar aqueles que leem, sem criticar os que não leem.

Com isso em mente, o jovem teve a brilhante ideia de não cobrar passagem de ônibus para pessoas que entram no veículo com um livro em mãos. Victor apresentou a ideia para o prefeito de sua cidade, Emil Boc, que, depois de um ano, aceitou a proposta.

Entre os dias 4 e 7 de junho de 2015, todos que estavam com um livro usaram o transporte público de graça.

Reprodução

Créditos: Reprodução

Passageiros leem dentro do ônibus

O rapaz não parou por aí: ele também está trabalhando em outras campanhas. Uma delas é a Bookface, que oferece descontos em livrarias, salões de beleza e até em consultório de dentista para pessoas que tem uma foto de um livro em seu perfil no Facebook.

Veja mais imagens da iniciativa:

1/4

 

Passageiros leem dentro do ônibus

2/4

 

Passageiros leem dentro do ônibus

3/4

 

Passageiros leem dentro do ônibus

4/4

 

Passageiros leem dentro do ônibus

  •  

    1/4

    Passageiros leem dentro do ônibus

  •  

    2/4

    Passageiros leem dentro do ônibus

  •  

    3/4

    Passageiros leem dentro do ônibus

  •  

    4/4

    Passageiros leem dentro do ônibus