O relacionamento entre uma mãe e uma madrasta para a maioria é algo quase impossível para se lidar, conviver e administrar. Chegar em um consenso e viver em harmonia depende de muitos fatores, quando ciúmes, inveja e raiva pelo passado tomam conta, aceitar uma segunda "mãe" na vida de um filho é uma tarefa difícil para toda a família envolvida. Não é o caso dessa mãe da cidade do Texas, que aceitou a presença da madrasta na vida de sua filha e escreveu uma bela carta aberta, que serve de exemplo para todo o mundo.

Confira um trecho inspirador da carta da mãe Candice Curry à madrasta de sua filha, Ashley Parish:

“Eu nunca quis você aqui. Você simplesmente nunca fez parte do plano. Crescendo e sonhando com a minha família eu nunca inclui você. Eu não queria a ajuda de outra mulher para criar minha filha”, Curry escreveu. “Quando eu te conheci vou admitir que você não era o que eu tinha em mente e eu senti uma pontada de ciúme pelo meu corpo. Você era para ser horrível, lembra? Mas você não era, você era belíssima. Você deveria ser uma bruxa velha má, lembra? Mas você não era, você era uma mulher jovem, doce. (...) Você aceitou a nossa filha desde o início e amou incondicionalmente ela e seu pai, que é um verdadeiro presente para todos nós. Você inclui a nossa filha em tudo que faz, fazendo com que ela se sinta amada e aceita. Você coloca o relacionamento dela com o pai acima do seu e apenas uma mulher valente e corajosa sabe como fazer isso com tanta graça”.

Você pode conferir a carta completa aqui.

Com informações do site O Globo.