O usuário e/ou senha digitados estão incorretos.

4 iniciativas premiadas por transformar a vida de comunidades

Os projetos atuam em Camarões, Sudão do Sul, Paraguai e Camboja

12/03/2018 16:16

por Redação

Camarões, Sudão do Sul, Paraguai e Camboja: estes países foram os vencedores nas últimas quatro edições do Prêmio de Inovação Social, realizado pela Nestlé desde 2010. Os projetos ganhadores buscam transformar suas comunidades, solucionando problemas diversos relacionados à nutrição, água ou desenvolvimento rural. Em 2018, mais de 1.000 iniciativas em todo o mundo se inscreveram e apenas seis delas passaram para a fase final. Entre as finalistas, há ações no Quênia, Uganda, Filipinas, Egito, Brasil e Peru.

A edição deste ano é feita em parceria com a Ashoka, principal rede mundial de empreendedores sociais transformadores, e dará ao vencedor a quantia de até 400 mil francos suíços (cerca de R$ 1,4 milhão) para expandir a iniciativa, além de uma bolsa de estudos. O ganhador será anunciado no Fórum de Criação de Valor Compartilhado, que acontece no dia 16 de março de 2018, em Brasília (DF). O tema do evento é "Água como Motor para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável".

Conheça os projetos destacados ao longo da história do prêmio:

Agro-Hub, Camarões (2016)

Créditos: Reprodução / Agro-Hub

A Agro-Hub é uma empresa de produção e comercialização agrícola

A Agro-Hub é uma empresa de produção e comercialização agrícola em Camarões, que conecta pequenos agricultores de mandioca com o mercado. A plataforma auxilia os produtores em todos os processos do negócio, como realizar pedido de fornecedores, acompanhar estoques e realizar campanhas de marketing e vendas. O projeto já ajudou mais de mil pessoas a aumentar a produtividade e seus rendimentos.

Honey Care Africa, Sudão do Sul (2014)

Créditos: Reprodução / Honey Care Africa

A Honey Care Africa é uma empresa de comércio justo de mel

No Sudão do Sul, a Honey Care Africa é uma empresa de comércio justo de mel, que oferece oportunidades para pequenos produtores rurais e colabora para a geração de renda adicional dessas famílias. A iniciativa tem como objetivo criar uma cadeia de valor comercial e eficiente para o mel, treinando os agricultores, os organizando em redes e garantindo um mercado para seu produto a preços justos.

Fundación Paraguaya, Paraguai (2012)

Créditos: Reprodução / Fundación Paraguaya

A Fundación Paraguaya instala escolas em áreas rurais e oferece treinamento aos alunos

A organização Fundación Paraguaya venceu a segunda edição do prêmio pelo projeto "Escola Agrícola Autossuficiente", que instala escolas em áreas rurais do país, oferecendo treinamento técnico e empresarial como parte do currículo acadêmico. A iniciativa define com os alunos quais microempresas serão criadas por eles e, com o dinheiro arrecadado, cobre os custos operacionais das instituições, sem a necessidade de financiamento do governo.

iDE Cambodia, Camboja (2010)

Créditos: Reprodução / iDE Cambodia

O iDE Cambodia visa aumentar a produtividade agrícola e os rendimentos dos agricultores

O iDE Cambodia recebeu o prêmio inaugural pelo seu programa Farm Business Advisors (FBA), que visa aumentar a produtividade agrícola e os rendimentos dos agricultores do país. A ação conta com uma rede de pequenos empresários rurais independentes, que auxilia os produtores e fornece a eles sementes, fertilizantes e outros equipamentos.

Veja também

Filipinas e Egito dividem 1º lugar em prêmio de inovação social

Vídeo: qual o impacto dos projetos sociais em suas comunidades

Iniciativas de empreendedorismo empoderam meninas e mulheres

Teste: qual projeto ajuda a minimizar os problemas destes países?

Projeto brasileiro é finalista de prêmio sobre inovação social

Prêmio reconhece projetos que contribuem para um planeta saudável