O engenheiro Zac Vawter, 31, teve uma conquista importante em sua vida. Após perder a perna, ele conseguiu subir 103 andares de escada. Tudo isso graças a uma prótese biônica comandada por seu cérebro.  A prótese de Vawter é muito diferente das comuns. Ela responde aos impulsos elétricos dos tendões do americano. Com o pensamento, ele desencadeia motores, correntes e correias que sincronizam os movimentos de seu joelho e tornozelos protéticos.

A perna biônica usa esse sistema natural de comunicação. A tecnologia foi desenvolvida pelo Instituto de Reabilitação de Chicago há alguns anos, mas ainda está sendo aperfeiçoada. Todo o processo foi acompanhado por um time de médicos e cientistas, que vão avaliar a performance do novo dispositivo.

Veja o vídeo