Muitas habilidades que são essenciais para que o aprendizado formal ocorra na escola podem ser desenvolvidas fora do momento dos estudos. Confira 3 atividades divertidas que podem ser feitas durante as férias e desenvolvem habilidades que serão muito valiosas quando seu filho voltar para a escola:

Divulgação

Créditos: Divulgação

Férias divertidas, aprendizagem garantida!

1 - preparar refeições juntos: sanduíches, cookies, salada de frutas são algumas opções simples que podem ter grande parte do preparado feito pelas crianças. Bônus: melhora na auto estima.

2 - arrumar o armário e separar roupas e brinquedos para doação. Bônus: empatia.

3 - deitar na grama e descrever formas/imagens das nuvens: atividade aparentemente simples, porém com alto impacto também nos laços entre pais e filhos. Bônus: criatividade.

Estudar durante as férias é uma boa maneira de garantir um ano letivo tranquilo? Confira aqui a resposta.

Imagem Autor

Taís Bento e Roberta Bento são educadoras, mãe e filha, fundadoras do site www.meufilhonaoestuda.com.br e autoras do livro Socorro, meu filho não estuda! Roberta Bento Graduada em Letras, com especialização em formação de professores de Línguas (International House, Inglaterra) e com pós-graduação em Marketing e em Gestão de Pessoas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Especialização em Aprendizagem Baseada no Funcionamento do Cérebro pela Universidade da Califórnia e Duke University, e em Aprendizagem Cooperativa pela Universidade de Minnesota e Universidade de San Diego (Estados Unidos). Taís Bento Graduada em Pedagogia pela Universidade de São Paulo (USP) e pós graduada em Marketing pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP). Especialização em Aprendizagem Baseada no Funcionamento do Cérebro e Aprendizagem Cooperativa pela Universidade de Minnesota e pela Universidade de San Diego.

+ posts do autor

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.