divulgação

Créditos: divulgação

O cartaz convoca a reunião em nome de "uma política de direitos humanos que nos represente"

“Já que Feliciano e sua patota naufragaram a Comissão de Direitos Humanos, vamos criar uma que funcione.” É assim que começa o convite feito à população para o evento que acontece na próxima quinta-feira, às 19h na Praça Roosevelt.

Trata-se da primeira sessão da Comissão Extraordinária dos Direitos Humanos e Minorias. O evento pretende debater com a população temas e posições importantes às causas dos direitos humanos que, segundo a opinião dos organizadores, foram abandonados quando o pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC) tomou posse da comissão.

Estarão presentes na mesa de debates o cartunista Laerte Coutinho e o deputado federal Jean Wyllys, além representantes de diferentes crenças religiosas e de organizações de defesa das minorias. O evento é organizado pelos coletivos e organizações Existe Amor em SP, Conectas, Pedra no Sapato e Frente de Luta Pelos Direitos Humanos.

Quem não puder comparecer ao evento, pode conferir a transmissão ao vivo pela internet no site da PosTV.