Pesquisadores da Noruega entraram em choque quando descobriram mais de 30 sacos plásticos e outros resíduos de plástico dentro do estômago de uma baleia.

A baleia de Cuvier, que teve a morte induzida por guardas da costa oeste do país, tinha claramente consumido uma enorme quantidade de resíduos não biodegradáveis.

University of Bergen

Créditos: University of Bergen

Diversos sacos plásticos foram retirados do estômago de baleia

Apesar das terríveis descobertas, os pesquisadores dizem que os plásticos encontrados na baleia não são “surpreendentes”, já que a quantidade de resíduos nos mares continua a crescer.

A baleia estava em mau estado e tinha ficado encalhada em águas rasas da ilha de Sotra, por isso teve sua morte induzida. Seu estômago foi examinado por pesquisadores da University of Bergen.

Confira o final dessa história e outras notícias inspiradoras sobre animais na ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais).

Imagem Autor

O maior portal de notícias sobre animais do Mundo.

+ posts do autor

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.