Créditos: © Federico Mosquera/ Fundación Omacha

Conhecer melhor o comportamento e hábitos dos animais é vital para que possamos protegê-los

Conhecidos como os "Embaixadores dos Rios da Amazônia", os botos são excelentes indicadores da qualidade da água e do equilíbrio dos rios. No mundo todo, há sete espécies deste animal. Mas é no Brasil que se encontra a maior população de botos do planeta.

Agora uma parceria inédita* entre instituições da três países amazônicos – Brasil, Bolívia e Colômbia – vai capturar e instalar localizadores por satélite nos botos, desta maneira, será mais fácil fazer o trabalho de monitoramento e conservação dos animais. Ao analisar o deslocamento dos indivíduos, é mais fácil também estudar os hábitos da espécie.

"Estes equipamentos irão nos fornecer informações diárias sobre a população dos botos e com isso, vamos compreender melhor a distribuição dos indivíduos e como eles se relacionam", explica Marcelo Oliveira, do WWF-Brasil.

Continue lendo a matéria aqui.

  • Veja também:

Apresentador é acusado de matar boto para mostrar no Fantástico

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.