"O domingo é sombrio. Minhas horas são insônes. As sombras com as quais eu convivo são inúmeras". Com esses versos, a canção “Gloomy Sunday” (Domingo Sombrio) ficou conhecida por estar relacionada a mais de 100 casos de suicídio, incluindo a morte do próprio compositor Rezso Seress.

Conhecida como “música húngara suicida” foi escrita após Seress ter levado um fora da namorada. Quando regravada por Pál Kálmar, muitos suicídios aconteceram na Hungria e, portanto, sua reprodução foi proibida. Em 1936, foi traduzida para o inglês e regravada. Em 1941 Billie Holliday também fez a sua versão.

No histórico do compositor é registrado sua passagem por um campo de concentração durante a Segunda Guerra Mundial, e sua fuga em seguida. A letra, escrita para tentar uma reconciliação com sua ex namorada, foi encontrada ao lado do corpo dela - numa folha de papel - após seu suicídio por envenenamento.

As palavras "os anjos não pensam em te devolver jamais. Será que eles ficariam zangados se eu me juntasse a ti?" arrebataram o coração de sua amada. Em 1968, Rezso Seress pulou da janela de um prédio em Budapeste.

Confira a música, na versão de Billie Holliday: