Créditos: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Posse de Cristiane Brasil foi suspensa pela Justiça Federal

A posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho, que estava marcada para esta terça-feira, 9, foi suspensa nesta segunda-feira, 8, pela Justiça Federal.

O juiz Leonardo da Costa Couceiro, da 4ª Vara Federal de Niterói, suspendeu a posse em caráter cautelar, suspendendo o decreto que nomeou Cristiane ao cargo de Ministra do Trabalho.

Segundo a decisão do juiz, há indícios de que a escolha da deputada para a pasta do Trabalho é contrária a princípios da administração pública.

De acordo com informações da TV Globo, Cristiane foi processada na Justiça trabalhista por dois ex-motoristas que alegaram não ter tido a carteira assinada enquanto eram empregados dela. Um deles trabalharia cerca de 15 horas por dia para ela e sua família, sem direitos trabalhistas.

Mesmo após a divulgação dos processos, o ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo, havia informado que a nomeação de Cristiane Brasil seria mantida. Ela foi indicada ao cargo após Ronaldo Nogueira (PTB-RS) pedir demissão do cargo.

  • Leia mais:

Nova ministra do Trabalho foi condenada por dívida trabalhista