Créditos: Reprodução

Zezé Di Camargo disse entender de política, mas fala que não houve ditadura no Brasil

O cantor Zezé Di Camargo fez uma série de declarações polêmicas em uma entrevista para a jornalista Leda Nagle, em sua canal no Youtube.

Durante a conversa com Leda Nagle, o cantor opinou sobre o atual cenário político do país e falou também que não acredita que o Brasil tenha vivido uma ditadura.

“Eu vou falar um absurdo aqui para você, vão me criticar, jornalistas vão falar de mim, achar que sou um maluco", começou ele. "Você sabe que o momento em que a gente vive hoje no Brasil, o Brasil lutou muito pela democracia, mas eu fico com pena de como os nossos políticos usaram aquela liberdade que nós conquistamos, que era sair do militarismo. Muito gente confunde militarismo com ditadura, todo mundo fala ‘nós vivíamos numa ditadura’", polemizou.

"Nós não vivíamos numa ditadura, nós vivíamos num militarismo vigiado. Ditadura é a Venezuela, Cuba com Fidel Castro, Hungria, Coreia do Norte, China, esses são realmente ditadores. O Brasil nunca chegou a ser uma ditadura daqueles que ou você está a favor ou você está morto", afirmou.

Interrompido por Leda Nagle, que falou prisões da época, o cantor ainda argumentou minimizando a violência, a tortura e as mortes dos que lutaram contra a ditadura.

“Mas não chegou a ser tão sangrenta, tão violenta, como a gente vive até hoje, no mundo de hoje. Não dá pra acreditar que muita gente ainda acredita que uma ditadura vai dar certo. Mas eu acho, eu acredito, as pessoas vão me achar maluco, não quero isso jamais pro Brasil, mas eu imagino que o Brasil hoje precisaria passar por uma depuração", disse.

Zezé Di Camargo ainda disse se achar um cara politizado e nunca ter pensado em se tornar político. "Eu me considero um cara muito politizado. Eu não imagino eu sendo um político", contou. "Já tive convite pra isso, já conversei com alguns políticos e eles ficam impressionados com o meu conhecimento político. Mas não tenho isso como vocação. Eu quero ser politizado para exercer o meu direito como cidadão."

Confira a entrevista na íntegra:

  • Leia mais:

Zezé di Camargo lista caridades que já fez e é criticado na web