Com a ideia de despadronizar a beleza e valorizar a autoestima, alunos dos cursos de Design de Moda e Negócios da Moda, da Universidade Anhembi Morumbi, transformam pacientes que lutam contra o câncer de mama em modelos.

Mais do que roupas, os alunos levam para a passarela mulheres reais. “A ideia é mostrar essas diferentes belezas que não têm idade definida, que têm cicatrizes, que têm marcas, que têm rugas, que têm cores diferentes, que têm cabelo e que não tem”, explica Regina Barbosa, uma das professoras à frente do projeto.

Créditos: Rodrigues Produções

22 mulheres em tratamento participaram do desfile

A iniciativa, que acontece anualmente desde 2011, é fruto de uma parceria entre a universidade e o Hospital Pérola Byington, de São Paulo.

Nesse ano, foram 22 mulheres que desfilaram looks feitos à mão a partir de materiais simples, como algodão e tecido de sacaria. Na criação, os alunos utilizaram técnicas artesanais, como o tricô, o tear e o crochê. “São técnicas tradicionais, mas que a gente usa de outra maneira. A gente conhece os pontos, mas queremos errar, queremos brincar com o erro, então, trabalhamos sem receita”, explica a professora.

O objetivo do desfile é elevar a autoestima das mulheres que estão passando por tratamento contra o câncer de mama ou ginecológico. Os médicos acreditam que a autoconfiança é fundamental para o enfrentamento do tratamento.

“O momento mais especial foi a prova das roupas. Nós fomos ao hospital porque as modelos precisavam experimentar os vestidos que ainda não estavam acabados, mas mesmo assim, ao provarem as roupas, elas transformavam esses looks com sua alegria, brilho do olhar e energia”, conta a aluna Eliza Oliveira.

Além dos alunos de Design de Moda e Negócios da Moda, participam também da ação os cursos de Produção Musical, na criação da trilha sonora; de Maquiagem Profissional, de Visagismo e Terapia Capilar, responsáveis pelo makeup e cabelo das modelos.

[leiamais  tit]

Projetos como esse que fogem dos padrões  são a grande aposta dos cursos da Anhembi Morumbi. Com um método de ensino ‘destradicional’, a universidade incentiva seus alunos a lançar um novo olhar sobre as coisas que já existem e antecipar o futuro. Clique aqui e conheça mais sobre os cursos da Anhembi Morumbi.

[/leiamais]