matéria publicada no blog Dentro da Sul

O jovem como agente estratégico de transformação social. Essa é a visão do Projeto Casulo, que atende jovens do Real Parque e Jardim Panorama, na zona sudoeste da cidade de São Paulo. Fundado em 2003, por um grupo de empresários paulistas do Instituto de Cidadania Empresarial (ICE), o projeto leva oficinas culturais para esses bairros visando formar futuros agentes de transformação que colaborem no desenvolvimento de suas comunidades.
Suas ações são focadas na cultura, educação, açãocomunitária e empreendedorismo jovem.

Atualmente, são atendidos cerca de 540 jovens por semana, com idade entre 12 e 24 anos, em situação de vulnerabilidade social e o Casulo aposta que, por meio das oficinas culturais, eles possam ampliar o olhar dos jovens tornando-os futuros multiplicadores.

As oficinas realizadas no Casulo são de teatro, danças brasileiras, grafite, hip hop, break, percussão, comunicação comunitária dentro do espaço multimídia, produção de texto, vídeo, inclusão digital, formação em software livre e administração de sistemas de segurança.

Os resultados são vistos devido à  nova postura dos jovens no que diz respeito à  articulação de açoes culturais que eles vem desenvolvendo em outros espaços como os CEUs e Casas de Cultura.

Para tornar-se voluntário do Projeto Casulo, as pessoas participam do Dia da Visita, quando conhecem o projeto e as atividades desenvolvidas e são apresentadas a um quadro de demandas de voluntá¡rios. A partir daí­, o voluntá¡rio se engaja na atividade que achar adequada, é encaminhado para uma conversa com as respectivas áreas, e um plano de ação é elaborado.

"O Casulo veio com uma estrutura muito bacana, aqui tem tudo que em outros projetos não tem, e a comunidade precisa aproveitar isso", diz Márcia Licá, 20 anos, moradora do Real Parque. "A gente não quer que esse projeto seja assistencialista, queremos que as pessoas participem com vontade. Não queremos fazer caridade para ninguém. Eu vi o Casulo como uma oportunidade para melhorar a minha comunidade e a minha vida", acrescenta Márcia.
Através do Casulo, Márcia, outros jovens como ela, crianças e a comunidade em geral podem saber mais sobre seus direitos e como reivindicá-los, se fazendo valer das brechas que o sistema abre.

Contato:
Rua Paulo Bourroul, 100 - Real Parque - SP
CEP:05686-050
Tel: 3758-0506
E-mail: [email protected]
Site: www.projetocasulo.org.br

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.