Em cartaz no campus Barueri da PUC (Pontifícia Universidade Católica) a partir desta terça-feira, a exposição “Seguimentos” faz um recorte das principais obras do plástico mineiro Cássio Lázaro, que há 38 anos dedica-se à escultura passando por muitas fases, desde o figurativo até a total intimidade com o aço, amassando e modelando formas abstratas do seu imaginário investigativo.

divulgação

Sobre o artista

Mineiro, nascido na cidade de Cássia, o artista fez sua primeira peça em 1968, em uma representação do próprio irmão modelado com arame. Naquela ocasião, a leveza da escultura em que beira o desenho já apontava sua inquietante e triunfante trajetória.

 

Seguimentos