Em resposta aos cortes no orçamento da cultura, um abaixo assinado exige a aprovação da PEC 150, que eleva os gastos na Cultura a um mínimo de 2% do orçamento federal anual. Sobretudo, os participantes consideram equivocada a visão de riqueza atrelada apenas aos valores do mundo financeiro consumista, sem que se leve em conta que sem educação, saúde, cultura e arte ninguém pode ser considerado rico.

Por uma Política Cultural estratégica, dotada de recursos e infraestrutura administrativa, aberta ao diálogo com a sociedade e voltada aos verdadeiros interesses republicanos dos cidadãos brasileiros. Participe!