Mesmo algumas das praias mais bonitas e concorridas do Brasil têm suas épocas de preço baixo e calmaria. Se você quer conhecer alguns dos cenários mais paradisíacos do nosso litoral em 2018 sem gastar muito, vem com a gente do Viajala para saber como fazer isso.

Pipa, Tibau do Sul - RN

Créditos: Luísa Dalcin

Pipa é considerada uma das melhores praias do Brasil

As praias de Pipa, no Rio Grande do Norte, são grandes frequentadoras dos rankings de melhores praias do Brasil, como a gente já contou aqui no blog. Por isso, todo mundo acha que precisa vender um rim para conseguir pagar essa viagem. A verdade é que, escolhendo a data certa, ela pode feita no modo budget, bem barato.

A altíssima temporada é entre dezembro e fevereiro, especialmente no Ano Novo e no Carnaval. Quem quer tranquilidade e preços mais baixos pode viajar em março, antes da época de chuvas, ou entre setembro e novembro. Se você pode tirar uns dias de folga e viajar durante a semana vai se dar melhor ainda: as praias ficam quase desertas e os preços de hospedagem e passeios caem.

Para chegar lá de ônibus, a partir da rodoviária de Natal, custa apenas R$17,00. Em Pipa, tudo se faz a pé e até as praias de fora do centro podem ser acessadas com 20 minutos de caminhada. Embora os passeios de lancha cobrem para levar até a Baía dos Golfinhos para avistar os animais, você também pode vê-los da areia sem gastar nada. Opções simples de hospedagem custam a partir de R$100,00 para o casal na baixa temporada.

Porto de Galinhas, Ipojuca - PE

Créditos: divulgação

A praia de Porto de Galinhas fica mais tranquila depois do Carnaval

No município de Ipojuca, a cerca de 60 quilômetros de Recife, Porto de Galinhas também está sempre nas listas de melhores praias nacionais. As piscinas naturais clarinhas e cheias de peixes coloridos e o passeio de jangada são o ponto alto, mas também é possível ver corais e mangues.

Entre abril e agosto pode chover mais, mas o clima ainda é quente e os preços são os melhores do ano. Quem não quer arriscar, pode seguir a mesma regra de Pipa: viajar em março ou entre setembro e novembro, principalmente em dias de semana, quando as praias ainda são vazias, os preços são muito mais baixos e o risco de chuva é bem menor. Nessa época, não é difícil conseguir hospedagem para casal em hotéis bem avaliados por R$120,00 a diária.

Alter do chão, PA

Créditos: pixabay

Alter do Chão é a melhor praia de rio do país

A gente já contou nesse post os destinos que vão bombar em 2018 e Alter do Chão é uma das nossas apostas. Essa praia de rio é considerada o "Caribe Amazônico" e já foi listada como uma das mais bonitas do Brasil por um jornal gringo, mas ainda é pouco explorada pelos próprios brasileiros. O principal atrativo da vila de Alter do Chão, a 30 quilômetros de Santarém, no Pará, é a Praia do Amor, rasa, de areias finas e águas claras e mornas do Rio Tapajós.

Essa é uma viagem que vale a pena fazer de carro. Além de facilitar o transporte de Santarém até Alter do Chão, também ajuda na hora de escolher a hospedagem (você pode pagar mais barato ficando em lugares mais afastados do Centro) e de visitar as praias próximas, como Ponta de Pedras e Pindobal. Mais uma dica: em Alter do Chão, alguns hotéis oferecem descontos bem atrativos quando o pagamento é em dinheiro. Vale a pena tentar negociar.

É um ótimo destino para o segundo semestre: é entre agosto e dezembro que o nível da água baixa e os bancos de areia aparecem mais, deixando a paisagem ainda mais bonita. Mesmo na alta temporada, os preços das diárias em hotéis bem avaliados partem de R$ 150,00 para casal, o que é bem mais em conta do que a alta temporada do litoral do Nordeste, por exemplo.

Praia do saco, Estância - SE

Créditos: Rafael Sette Câmara

A Praia do Saco é um convite à calmaria

A cerca de 70 quilômetros de Aracaju, no litoral sul de Sergipe, essa praia de areias brancas é tranquila, ótima para banho e cheia de atividades ao redor. É uma boa pedida por ser um passeio de bate e volta - dá para passar o dia todo na praia e voltar para a capital para jantar e dormir. Lá, você encontra ótimas opções de hotel budget, com diárias para casal a menos de R$100,00. Para chegar lá, os passeios de ida e volta a partir de Aracaju custam em torno de R$ 50,00 ida e volta, e ainda passam por outros pontos no caminho, como o Lago dos Tambaquis.

Além de aproveitar o mar azul da Praia do Saco, dá para fazer passeio de buggy pelas dunas, ver piscinas naturais e visitar, de barco, o Mangue Seco, na divisa com a Bahia. Quem quer economizar, não precisa fazer passeio nenhum: a praia do saco é tão gostosa que merece um dia inteiro só para ela. Nas barraquinhas em frente, comida boa e bebida gelada a preços bem acessíveis.

Guarapari, ES

Créditos: pixabay

Guarapari tem boa estrutura que facilita a viagem

Outra boa opção de praia bate e volta, partindo de Vitória, no Espírito Santo, Guarapari também tem estrutura para quem quiser esticar um pouco mais a estadia. A apenas uma hora de ônibus da capital, a praia oferta de hotéis e apartamentos é muito boa e os preços partem de R$150,00 a diária para casal, se você consegue fugir da alta temporada.

Guarapari tem praias para todos os gostos, das mais família às mais badaladas, das mais urbanas até as pequenas vila de pescadores e redutos de surfistas. Como é uma cidade relativamente grande, você economiza visitando as praias de ônibus e também pode escolher o preço que quer pagar na alimentação: são desde restaurantes simples com refeição por quilo a bistrôs mais sofisticados para saborear a moqueca tradicional. Na beira da praia das Castanheiras, dá para comer um delicioso peroá assado, prato de peixe típico do Espírito Santo, com guarnições por cerca de R$20,00 por pessoa.

25 praias brasileiras que acham que são piscinas

Imagem Autor

O Viajala é um metabuscador de voos que compara preços de companhias aéreas e agências de viagens, permitindo que você escolha a passagem mais barata sem custo e sem taxas adicionais.

+ posts do autor

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.