O turismo de aventura tem se tornado uma das principais escolhas dos viajantes brasileiros. Não basta só fugir da rotina, é preciso incluir no roteiro e no planejamento atividades como caiaque, rafting, escalada, trilhas, mergulho e muito mais. Tudo isso com um visual que só o Brasil consegue oferecer, com a sua natureza exuberante e uma ótima infraestrutura.

O número de pessoas que procuraram por esportes de aventura cresceu 43% ao longo de 2013, em comparação ao ano anterior, segundo a Abeta (Associação Brasileira de Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura). Por isso, garanta já as suas passagens aéreas e confira abaixo sete destinos imperdíveis para quem quer sentir a adrenalina e conhecer belas paisagens:

Barra Grande (Piauí)

Um dos principais destinos de kitesurf em todo o Brasil, a praia de Barra Grande, no Piauí, concentra ventos propícios para a prática junto com belezas naturais e a tranquilidade do litoral. Localizada no município de Cajueiro da Praia, Barra Grande fica a 400 km de Teresina, e possui águas de tom azul e muitas pousadas, bares e restaurantes. Por lá, é possível fazer passeios pela trilha do cavalo-marinho, aproveitar a praia e ainda se aventurar pelo surfe impulsionado por grandes pipas.

Ilha Grande (Rio de Janeiro)

Se já não bastasse o mar azul, as areias brancas e o sol em grande parte do ano, a Ilha Grande, no litoral do Rio de Janeiro, oferece também a oportunidade para o turista realizar mergulhos e ver de perto toda a diversidade da vida marinha. Localizada em Angra dos Reis, a ilha é um destino com ótima infraestrutura para passar um bom tempo. Para os aventureiros, o mergulho pode ser feito em vários pontos do local, sendo um destaque nacional na prática. A Ilha Grande é perfeita tanto para os mergulhadores mais experientes quanto para quem deseja ter a primeira experiência na atividade.

Brotas  (São Paulo)

Contando com toda a infraestrutura voltada para os esportes de aventura, Brotas fica a cerca de três horas da capital paulista. A região possui diversas opções de esportes de aventura, como caiaque, rafting, trilhas, cachoeiras e tirolesa. O destino já é conhecido principalmente por famílias que querem adicionar uma boa dose de adrenalina à viagem. Não faltarão boas recordações desse lugar. Vale a pena conhecer pontos icônicos, como a famosa nascente 'Areia que Canta'.

Pico da Ibituruna (Minas Gerais)

Localizado na cidade mineira de Governador Valadares, o Pico da Ibituruna se destaca aos olhos de quem chega à cidade. São 1.123 metros de altitude em relação ao nível do mar e 990 metros em comparação com o Rio Doce. Por essas características, a região se consagrou internacionalmente pela prática do voo livre e pelos diversos esportes de aventura. Além de curtir a cidade mineira e toda a sua hospitalidade, o turista poderá voar de parapente e apreciar toda a vista com aquele frio na barriga.

Boituva (São Paulo)

Um passeio de balão pode ser uma das melhores experiências para muitas pessoas. No Brasil, não há lugar melhor para a atividade do que Boituva, no interior de São Paulo. Por lá, é possível contar com toda a infraestrutura para voar com segurança e apreciar a vista da região do alto, algo que, além de ser super romântico, proporciona ao visitante uma boa dose de aventura. Vale a pena se deslocar até o município para viver a experiência e registrar as belas imagens.

Chapada dos Guimarães (Mato Grosso)

Há 487 cachoeiras reunidas nesta região. Fica difícil recusar o convite para a aventura, ainda mais com a possibilidade de fazer trilhas e conhecer cânions, lagos, grutas e uma das mais belas paisagens de todo o mundo. A região é também considerada um ponto central no continente, sendo o lugar que fica aproximadamente na mesma distância entre o Oceano Atlântico e o Pacífico. Tudo pode ser feito em um grande parque de preservação ecológica, ou seja, é possível aproveitar a natureza sem que isso interfira na fauna e na flora locais.

Jalapão (Tocantins)

O Parque Estadual do Jalapão, em Tocantins, é mais um dos espaços dedicados totalmente à preservação da natureza no Brasil. O cerrado predomina com as veredas do campo limpo. O difícil acesso faz com que a região também seja um pouco desconhecida por diversos brasileiros, mas vale a pena toda a jornada para conhecer a sua beleza. Além da aventura de explorar um território habitado por lobos-guarás e veados-mateiros, o local é um remédio para os olhos com cachoeiras, poços de água verde-esmeralda e dunas imensas. Tudo isso sem a tecnologia e o sinal de telefones celulares.