Créditos: Reprodução

Nova droga para combater a enxaqueca é desenvolvida nos EUA

A agência regulatória dos Estados Unidos, FDA (Food and Drug Administration), aprovou nesta quinta-feira, 17, uma nova droga para combater a enxaqueca e que pode ajudar milhões de pessoas que sofrem com a doença.

O medicamento, Aimovig, fabricado pela Amgen e pela Novartis, é aplicada em uma injeção mensal com um dispositivo semelhante a uma caneta de insulina.

O preço de mercado é de US$ 6.900 (cerca de R$ 25,5 mil). O medicamento estará disponível nos Estados Unidos nas próximas semanas e ainda não tem previsão de quando será aprovado no Brasil.

Selo Facilite

A droga bloqueia um fragmento de proteína, CGRP, que provoca e perpetua a enxaqueca.

“Este é realmente um momento incrível para meus pacientes e para neurologistas que tratam pacientes com enxaqueca”, disse Amaal Starling, neurologista e especialista em enxaqueca da Mayo Clinic, à Folha de S.Paulo.

No mundo, cerca de 2% da população sofrem com enxaquecas, o equivalente a uma em cada sete pessoas, sendo que esse tipo de dor de cabeça mais grave é mais comum em mulheres do que em homens, e pode atingir, inclusive, as crianças.

O que é a enxaqueca?

A enxaqueca é um dos tipos existentes de cefaleia (conhecida como dor de cabeça) e se caracteriza por uma dor pulsátil em um dos lados da cabeça, muitas vezes acompanhada por sintomas como náusea e vômito. De acordo com o Ministério da Saúde, de 5 a 25% das mulheres e 2 a 10% dos homens tem enxaqueca, sendo predominante em pessoas com idades entre 25 e 45 anos.

Veja no link quais são os sintomas e maiores informações sobre a doença.

Saiba mais sobre as causas e os sintomas da enxaqueca