A ex-fisiculturista Victoria D'Ariano, 25, de Los Angeles, Estados Unidos, publicou uma foto de ‘antes e depois’ de seu corpo durante a Tensão Pré-menstrual (TPM) para acabar com o mito da perfeição nas redes sociais.

O intuito era encorajar outras pessoas a serem honestas sobre seus corpos também, como mostra matéria do Daily Mail.

Let's talk about periods, sorry guys if that's TMI. - DISCLAIMER: this post isn't about how I look, but instead how I feel. I am not making a sad face due to the appearance of this but INSTEAD the pain, discomfort and exhaustion I was feeling. - Yesterday I woke up and my stomach was like the left (WITH flexing) and not upset. Over the course of 4-5 hours I started getting really bad cramps and bloating which led to this photo on the right. I wish I could say I was sticking out my tummy, but no. It's extremely bloated and feels as hard as rock. - I struggle a lot with PMS and symptoms during my period: 1. I have zero to no energy 2. Feeling depressed - I start feeling down and numb and not like myself 3. Cramps, these SUCK 4. Extreme bloating, discomfort and water retention 5. Upset stomach and gas 6. Moody and emotional - Sometimes when you have symptoms like this you have to listen to your body. I wanted to train, but I was uncomfortable and exhausted. I decided to rest, and do what was best at the time. Go a little easier on yourself when it's the time of the month and you are stressed out. Get extra rest, don't stress about workouts and eat some treats if you feel like it ❤️ - Also follow @carolinetusiuk to learn how to regulate your hormones and manage your PMS symptoms.

Uma publicação compartilhada por victoriadariano (@victoriadariano) em

Ela comparou as duas fotos – tiradas com apenas quatro horas de intervalo – mostrando a diferença no físico, mas falando também sobre a falta de energia, mudanças de humor, cólicas e outras alterações que sofre quando está nesse período.

Victoria acredita que as os influenciadoras nas redes sociais muitas vezes escondem a realidade.

"Ninguém fala sobre a luta que as mulheres passam todos os meses. Eu, por exemplo, fico inchada, deprimida, exausta e temperamental”, diz a jovem.

Ela conta que a primeira foto era uma típica selfie, mas, cerca de quatro horas depois, seu corpo já começou a apresentar os sintomas da TPM. Foi então que ela resolveu fazer a imagem com a comparação.

"Antes eu via outras mulheres que pareciam ser perfeitas e lindas o tempo todo, então eu me olhava e não entendia por que eu não podia ser igual. Quero que as pessoas percebam que um momento no Instagram nem sempre descreve o que realmente está acontecendo na vida de uma pessoa e que o que passamos é totalmente normal”, frisa Victoria.

Segundo ela, a resposta a seu post foi muito positiva e com isso ela espera que outras mulheres se sintam fortalecidas e confortáveis com seus corpos e as mudanças que podem sofrer. Victoria diz que está tentando espalhar a positividade do corpo e garantir que a feminilidade seja representada de maneira justa nas mídias sociais.

5 nutrientes que aliviam desconfortos da TPM

As alterações hormonais decorrentes do período pré-menstrual podem afetar o físico e emocional.

“É possível fazer uso de suplementos nutracêuticos e remédios que podem aliviar os sintomas, mas o estado emocional e os hábitos de vida e nutricionais podem afetar a eficácia deste sistema”, aponta o nutrólogo Roberto Navarro Sousa Nilo em matéria do Minha Vida, parceiro do Catraca Livre.

Segundo ele, alguns nutirentes podem ajudar a aliviar os desconfortos comuns a esse período:

1/5

Crédito da imagem: iStock/ansonmiao

Ácidos graxos (poliinsaturados): reduzem o inchaço, a perda óssea e a irritabilidade. Encontrados no Ômega 3 e 6 (óleo de peixes do mar, como salmão e atum) e semente de linhaça.

2/5

Crédito da imagem: iStock/piotr_malczyk

Cálcio: alivia as dores de cólica e a irritabilidade. Fontes: Folhas verde escuro (couve e brócolis),leite e seus derivados.

3/5

Crédito da imagem: iStock/Martin_Barraud

Magnésio: melhora as alterações do humor e a irritabilidade. Este mineral complementa o cálcio. É encontrado em alimentos como Arroz integral, folhas verdes escuras, brotos germinados e grão de bico.

4/5

Crédito da imagem: iStock/MillefloreImages

Vitamina C: por atuar na produção dos neurotransmissores , melhora o sono e ansiedade. Encontrada em frutas como kiwi, acerola, abacaxi, morango, limão, laranja, goiaba e caju.

5/5

Crédito da imagem: iStock/FotografiaBasica

Vitamina B6: estimula a produção de serotonina (neurotransmissor responsável pelo prazer e bem-estar), ajudando a aliviar enjoos, dores de cabeça e irritabilidade. Fontes: Arroz integral, gérmen de trigo, aveia, nozes, amendoim, fígado de boi, folhas verdes e leguminosas.

  • Crédito da imagem: iStock/ansonmiao

    1/5

    Ácidos graxos (poliinsaturados): reduzem o inchaço, a perda óssea e a irritabilidade. Encontrados no Ômega 3 e 6 (óleo de peixes do mar, como salmão e atum) e semente de linhaça.

  • Crédito da imagem: iStock/piotr_malczyk

    2/5

    Cálcio: alivia as dores de cólica e a irritabilidade. Fontes: Folhas verde escuro (couve e brócolis),leite e seus derivados.

  • Crédito da imagem: iStock/Martin_Barraud

    3/5

    Magnésio: melhora as alterações do humor e a irritabilidade. Este mineral complementa o cálcio. É encontrado em alimentos como Arroz integral, folhas verdes escuras, brotos germinados e grão de bico.

  • Crédito da imagem: iStock/MillefloreImages

    4/5

    Vitamina C: por atuar na produção dos neurotransmissores , melhora o sono e ansiedade. Encontrada em frutas como kiwi, acerola, abacaxi, morango, limão, laranja, goiaba e caju.

  • Crédito da imagem: iStock/FotografiaBasica

    5/5

    Vitamina B6: estimula a produção de serotonina (neurotransmissor responsável pelo prazer e bem-estar), ajudando a aliviar enjoos, dores de cabeça e irritabilidade. Fontes: Arroz integral, gérmen de trigo, aveia, nozes, amendoim, fígado de boi, folhas verdes e leguminosas.

Veja outros alimentos que ajudam a reduzir os sintomas da TPM e outros que devem ser evitados nesse período na matéria do Minha Vida.

Blogueira mostra o que o estresse pode causar no corpo