Tumor de garoto com câncer diminui após tratamento com cannabis

O garoto teve o diagnóstico em 2014 e, após diversas sessões de quimioterapia e algumas cirurgias, em 2016 os médicos disseram aos pais que a doença seria fatal