O Parque do Carmo, localizado em Itaquera, na zona leste da cidade, passará por uma série de reformas nos próximos meses. Bebedouros, banheiros, portaria,  guaritas de vigilância e placas de comunicação serão trocadas ou reformadas

O parque já havia mudado de nome no meio do ano, quando passou a se chamar “Parque do Carmo – Olavo Egydio Setubal”, em homenagem ao prefeito que criou a área, em 1976.

Com o custo de R$1,5 milhão, a obra será financiada pelo banco Itaú-Unibanco, que teve Olavo Setubal como presidente do conselho executivo na década de 1970. Ela deve contemplar ainda a Casa do Carmo, imóvel localizado dentro do parque, mas vai deixar de fora o Planetário do Carmo, uma das principais atrações do local.

reprodução

Créditos: reprodução

O Planetário, uma das principais atrações do parque, não entrou no projeto de reforma da Prefeitura e do Itaú-Unibanco