Créditos: © UNICEF Nepal/2017/LKC

As inundações são as piores registradas no sul da Ásia em anos

Mais de 1,2 mil pessoas morreram e milhões tiveram que deixar suas casas na Índia, Bangladesh e Nepal após serem afetadas pelas piores inundações registradas no sul da Ásia em anos.

Durante a temporada de monções, de junho até o final de setembro ou outubro, os três países costumam sofrer com inundações mas, segundo a Cruz Vermelha, a deste ano é a pior em décadas. A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que 41 milhões de pessoas foram afetadas pelo desastre.

"Muita atenção já foi dada a outros desastres em outras partes do mundo recentemente, mas o Sudeste Asiático foi ignorado", declarou uma porta-voz da Cruz Vermelha à BBC.

Créditos: © UNICEF/UN076160/Shrestha

Moradores de Índia, Bangladesh e Nepal foram atingidos

"Acho que no resto do mundo as pessoas não têm ideia da escala desse desastre: 8,6 milhões de pessoas foram afetadas e 750 mil casas, destruídas ou danificadas", lamentou Corinne Ambler, que trabalha com a Cruz Vermelha em Bangladesh.

No caso do Nepal, que ainda não se recuperou do terremoto de 2015, as inundações foram as piores dos últimos 15 anos, de acordo com a ONU. As autoridades nepalesas disseram que mais de 140 pessoas morreram e 1,7 milhão de foram afetadas no país.

Outra área atingida foi o estado indiano de Bihar, onde morreram mais de 500 moradores. Em Mumbai, capital financeira da Índia, foram registrados cinco mortos até agora e dezenas de milhares de pessoas ficaram isoladas.

Leia o conteúdo na íntegra aqui.

  • Veja também:

Dique se rompe no Texas e cidade ordena esvaziamento da área