O governo municipal de Pequim emitiu um alerta vermelho com duração de cinco dias devido aos altos níveis de poluição atmosférica na capital chinesa, informou nesta quinta-feira a secretaria de proteção ambiental.

A cidade emitiu o primeiro alerta vermelho de neblina e fumaça de sua história em dezembro do ano passado, depois de adotar um sistema de alerta de cores para combater a degradação ambiental provocada por décadas de crescimento econômico acelerado.

A mistura de neblina e fumaça esperada para esta semana será resultante da poluição do ar acumulada em Pequim e seus arredores, como a cidade próxima de Tianjin e as províncias de Hebei, Shandong e Henan, no norte do país, disse a secretaria, citando previsões de monitoramento climático.

O alerta de cinco dias terá início na noite de sexta-feira.

Novas medidas de proteção ambiental entraram em vigor nesta quinta-feira, entre elas unificar o sistema de alerta de Pequim aos de Tianjin e Hebei e proibir a circulação de carros mais antigos e poluentes nas ruas da capital.

Além disso, os motoristas de carros mais novos serão submetidos a um rodízio determinado pelo dígito final das placas dos veículos.

As escolas liberadas de uma exigência anterior de fechar em massa estão recebendo permissão para cancelar aulas de maneira "flexível", tendo por base suas necessidades e as dos pais dos alunos.

As empresas também podem estudar liberar seus funcionários mais cedo ou criar arranjos para que trabalhem em casa.

VEJA TAMBÉM: