Embora não seja costume no Brasil, a cobrança prévia da população sobre os planos de governo dos candidatos é uma importante parte do processo democrático. Mas para julgar as propostas é preciso ter um bom conhecimento acerca dos problemas da região.

Pelo menos quanto à agenda ambiental, agora há um bom instrumento de apoio para o cidadão. A Plataforma Ambiental aos Municípios 2012 apresenta os principais pontos que precisam ser discutidos, respondidos e solucionados pelos próximos governantes.

reprodução

Créditos:

A intenção do documento é conscientizar a população do compromisso que ela tem com o voto

Iniciativa da Fundação SOS Mata Atlântica em parceria com a Frente Parlamentar Ambientalista e com a Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (ANAMMA), a plataforma apresenta um conjunto de soluções que podem ser incorporadas aos programas dos 3222 municípios que correspondem ao território abrangido pela Mata Atlântica no país.

A intenção é dar continuidade ao processo de formação política da sociedade, disseminando a cidadania e o engajamento da população focando nos cinco eixos que são as bases das propostas: desenvolvimento sustentável, clima, educação, saúde e saneamento básico.

O documento está disponível em pdf no portal da fundação. No endereço também é possível consultar o Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica, com a situação da vegetação detalhada por municípios.