Até fevereiro de 2013 a cidade de São Paulo vai ganhar pelo menos 20 novos pontos de aluguel público de bicicletas. As estações serão administradas pela Bradesco Seguros e colocarão 200 novas bikes à disposição dos paulistanos.

Ainda não foram definidos os locais exatos das estações Bradesco, mas é quase certo que ficarão próximas às ciclofaixas de lazer da cidade, que funcionam aos domingos, das 7h às 16h. Apesar disso, o sistema deverá funcionar todos os dias, independentemente do calendário das ciclofaixas.

O objetivo do projeto é dar uma nova opção de deslocamento aos cidadãos, facilitando a integração das bicicletas com outros meios de transporte. Mesmo assim, ainda não foi divulgado o valor que será cobrado pelo empréstimo (ou mesmo se será gratuito).

Prefeitura

Créditos: Prefeitura

As estações do Bike Sampa, do Itaú, já podem ser encontradas pela cidade

Itaú

Este será o segundo modelo de aluguel do tipo a ser instalado na cidade. O primeiro, de responsabilidade do banco Itaú, funciona há cerca de seis meses e disponibiliza mais de 500 bicicletas para a população.

Para Usar o Bike Sampa, como é chamado, basta fazer um cadastro na página do projeto na internet e pagar um valor de R$10 para habilitar o "Passe Bike Sampa". Depois, é só escolher o ponto de retirada e ligar no telefone (11) 4063-3111 ou usar o aplicativo Bike Sampa para smartphones e registrar a retirada. O aluguel é gratuito nos primeiros 30 minutos. Depois, R$5 são cobreados a cada 30 minutos adicionais. As bicicletas podem ser devolvidas em qualquer estação Itaú disponível.

Os dois modelos não deverão ser integrados. Portanto, quem quiser usar ambos os serviços deve fazer dois cadastros diferentes.