A intervenção urbana que deve ganhar as ruas da cidade de São Paulo nas próximas semanas é o "carro verde", do coletivo de arte Bijari.

Uma versão do veículo já circulou pela Bienal de Arquitetura da Áustria e outra foi exposta em frente à galeria Choque Cultural. "O carro e a caçamba se tornaram formas importantes de questionar o papel da vegetação no ambiente urbano", diz o biólogo João Godoy, vice-presidente da ONG Floresta Urbana.

Segundo a Secretaria do Verde e Meio Ambiente, a área de vegetação do município é de 58 m² por habitante.

Mas a distribuição é desigual. Em Parelheiros, distrito do extremo sul que abriga reservas de mata atlântica, são 2.655 m² por habitante. No Itaim Paulista, bairro da zona leste da cidade em que se formam ilhas de calor, o índice é de 2 m² por morador. Leia matéria completa