Durante sua carreira, além de músico, cantor e compositor, Gilberto Gil fez uso do seu diploma em administração de empresas para ocupar o cargo de Ministro da Cultura de 2003 a 2008.

Porém, sua trajetória artística começou bem antes, nos anos 60 quando, ao lado de Caetano Veloso, criou o Tropicalismo. Desde então, vem exercendo o papel de modernizador da música nacional.

Com a brasilidade correndo nas veias, Gil provou, no entanto, que está aberto para o resto do mundo: incluiu na sua música elementos novos da música africana, norte-americana e jamaicana.

Completou, em julho deste ano, 70 anos de vida. Para comemorar à moda do aniversariante, está disponível todo o acervo do artista neste link e também em seu site oficial. Fotos atuais em alta também podem ser baixadas aqui. Hora de celebrar não só Gilberto Gil, mas a cultura e o legado que ele deixou cravado, para sempre, no Brasil.