A Biblioteca Britânica digitalizou mais de um quarto dos seus manuscritos gregos ,284 volumes, produzidos por autores da antiguidade.

A Instituição disponibilizou pela primeira vez todo conteúdo Catraca Livre na internet, algumas das principais fontes históricas do período.

A página, em inglês, permite que o internauta encontre os documentos por nome, data, textos únicos, peças teatrais do dramaturgo Eurípides, tratados de Xenofonte ou Políbio e até mesmo um glossário de palavras em grego e latim. De acordo com Claire Breay, curadora da biblioteca, em declaração publicada no site da instituição, essa é a mais importante coleção de documentos dessa natureza fora da Grécia.

Click aqui para conhecer o acervo.