Além de manter relacionamentos e discussões ao redor do globo, agora as redes sociais também são um meio para aprender novas línguas. Pelo menos esse é o objetivo de  sites como Italki.com e Livemocha.com. Ambos reúnem estudantes dispostos a trocar aulas de seus idiomas nativos entre si para, dessa forma, fazer novos amigos e ao mesmo tempo estudar. E as iniciativas colaborativas da web não param por aí.

Lançado recentemente, o dicionário online Linguee desenvolveu um modelo diferente para traduzir palavras, gírias e expressões. Em vez de adotar os modelos tradicionais de grandes dicionários, o site usa textos bilíngues, já disponíveis na rede, para oferecer traduções contextualizadas aos seus usuários. Quando há mais de um resultado para as buscas, as opções mais bem votadas pelos usuários do site ficam em destaque.

A internet também proporciona iniciativas como o Forvo, ferramenta que usa o slogan: "Todas as palavras do mundo. Pronunciadas". O site oferece mais de 693 mil pronúncias em 258 idiomas distintos,  todas disponibilizadas por voluntários do mundo todo.