Fernanda PerezBanda do ABC paulista formada por estudantes

Créditos: Banda do ABC paulista formada por estudantes

Banda do ABC paulista formada por estudantes

A banda Kaüle de São Bernardo do Campo está comemorando um ano no próximo dia 30 de setembro. Ela tem repertório diferenciado das bandas que costumamos ouvir, já que suas referências passam por Teatro Mágico e chegam a Bethoven. A banda tem otimismo e determinação para alcançar o sucesso.

O grupo é formado por Raitan Azevedo Ohi (Raí), 17, Lucas de Matos Cunha (Luquinhas), 16, Guilherme Almeida Santos (Ozie), 16, e Filipe Pereira Flórido (Masö), 16. “A nossa banda começou comigo [Raitan] e com o Masö como brincadeira, e se completou às pressas para um show”, diz o vocalista Raitan.
Rai compõe músicas para a banda, às vezes, com a ajuda de Luquinhas. No final do processo eles recebem a colaboração de Masö e Ozie para a complementação das canções. A música é a paixão dos integrantes. A primeira canção do Kaüle - “Talvez Depois” -, foi feita por Rai e Masö, mas só começaram a tocá-la depois que Ozie e Luquinhas entraram na banda. Ao todo, a banda tem um repertório de 14 canções.

Apesar de amarem o mundo musical, dois integrantes querem fazer faculdade relacionada a outras áreas. Lucas quer fazer Economia e Guilherme, Jornalismo. Raitan e Filipe querem fazer música.

Kaüle significa o próprio caule da planta, o que sustenta a flor ou a planta. No caso da banda, o nome foi escolhido porque os integrantes acreditam que um sustenta o outro. O próximo objetivo da é gravar o CD, “falta só a gravadora”, afirma Rai.

Veja galeria de imagens:

1/3

 

2/3

 

3/3

 

Banda do ABC paulista formada por estudantes

  •  

    Kaule

    1/3

  •  

    Kaule

    2/3

  •  

    Banda do ABC paulista formada por estudantes

    3/3

    Banda do ABC paulista formada por estudantes

Mais informações: Comunidade da banda no orkut.
http://www.orkut.com.br/Community.aspx?cmm=41387195

Matéria escrita por Cintia Rodrigues Crizol, 16, e Deivyd Henrique dos Santos Correia, 16, - estudantes do 2º ano do ensino médio da Escola Estadual Santa Dalmolin Demarchi, em São Bernardo do Campo - [email protected]