Hong Kong foi a nossa porta de entrada para a China e, apesar de fazer parte da dela, não necessita de visto. Hong Kong, assim como Macau, tem administração independente e, portanto, você pode visitar sem se preocupar com visto.

Uma cidade cosmopolitana, com muitos prédios e gente apressada por todos os lados. Apesar de ser uma região administrativa especial da China, o idioma oficial é o cantonês e a maioria das pessoas falam inglês. Por se uma administração independente, eles possuem sua própria moeda, o dólar de Hong Kong.

14368927_343227699350649_3171631070025339413_n

Créditos: 14368927_343227699350649_3171631070025339413_n

Vista noturna da Victoria Harbour, em Hong Kong

Listamos as principais atrações para sua primeira viagem à Hong Kong (para saber mais detalhes sobre cada atação veja nosso guia aqui)

1 - Show "A Symphony Of Lights"

Nós não estamos apenas falando de qualquer show de luzes: a "Symphony of Lights" está inscrita no "Guinness Book of World Records" como o maior show de luzes permanente no planeta. Na verdade, 45 edifícios ao longo do Skyline de Hong Kong Island dispararam luzes de laser em direção a Victoria Harbor. Ele acontece todos os dias as 20h.

symphony

Créditos: symphony

O show de luzes "Symphony of Lights"

Como chegar - Apesar do fato de que o show é realizado em Hong Kong, para assisti-lo você precisa ir para Kowloon. Pegue a saída J da estação Tsim Sha Tsui MTR (Península de Kowloon) e você vai chegar a Tsim Sha Tsui Promenade. Siga em direção ao Centro Cultural de Hong Kong, que fica bem no meio do porto e você pode escolher para qual lado você deseja ver o show. Basta seguir as indicações!

2 - Pico Victoria Peak

Victoria Peak é a colina que forma o pano de fundo para os arranha-céus de Hong Kong Island (sim, os mesmos que acendem durante a noite e fazem o show “A Symphony of Lights”). Com uma altitude de 554 metros acima do nível do mar, Victoria Peak representa o ponto mais alto de Hong Kong.

Como chegar - Você pode pegar o Peak Tram (que tem mais de 100 anos, nunca teve um acidente e, para dizer a verdade, é uma atração por si próprio). O Tram parte do “Peak Tram Lower Terminus”, em “Garden Road”. Para chegar até lá você pode seguir a pé (1.3 km) ou de ônibus a partir da saída J2 da Estação Central MTR (ônibus número 1, 22 ou 22S).

14359143_343227452684007_7562820544352180024_n

Créditos: 14359143_343227452684007_7562820544352180024_n

Vista de Hong Kong a partir do Victoria Peak

Além do Tram, você pode subir no Victoria Peak de ônibus ou a pé. Caso queira ir a pé até o topo do pico, são só 3,5 km, mas se prepare, pois é uma subida monstruosa, íngreme mesmo. Nós optamos por ir de ônibus e voltar andando e, para falar a verdade, foi cansativo até descer, já que a inclinação é intensa durante todo o percurso. Se você optar por ir de ônibus, o número dele é 15, em direção ao “The Peak”. Esse ônibus transita por várias vias principais da ilha. Se informe com alguém sobre o lugar exato que ele passa próximo a você ou procure pela placa com seu número nos pontos de ônibus. Nós escolhemos passear pela ilha antes de subir no pico e, portanto, pegamos o ônibus em uma avenida.

Importante: Você precisa ter trocado para pagar o ônibus, pois ele não devolve o troco. O valor é relativo a distância e fica marcado na placa do ponto de ônibus e em seu interior.

3 - Passeio gastronômico nos bairros locais

Quando visitamos Hong Kong, tivemos a oportunidade de fazer um passeio pelos bairros locais e experimentar as comidas típicas da região. Um passeio muito interessante que, além de conhecer a história de Hong Kong, você experimenta as comidas que os nativos comem no dia-a-dia.

gastronimia

Créditos: gastronimia

Para saber maiores informações sobre o passeio, temos ele relatado aqui.

4 - Centro financeiro de Hong Kong

É aqui, na parte nordeste da ilha, que você vai encontrar os arranha-céus mais espetaculares e os mais luxuosos centros comerciais de Hong Kong. É também aqui que você vai encontrar os mais antigos edifícios e estradas de Hong Kong, como a Estrada da Rainha, a primeira rua de Hong Kong.

Como chegar - Descer na estação MTR Central, no bairro Lank Wai Fong.

5 - Vida noturna de Hong Kong

Lan Kwai Fong, mais conhecido como “LKF”, é o centro da vida noturna de Hong Kong. Este é um bairro onde você encontrará mais de uma centena de estabelecimentos como restaurantes, bares, pubs e clubes.

Como chegar - Pegue a saída D1 estação MTR Central.

6 - Mercado noturno de Temple Street

O mercado de Temple Street leva esse nome a partir do Templo de Tin Hau, que está localizado bem no meio da área onde você encontra, todas as noites, vendedores de eletrônicos, roupas, relógios, pedras semipreciosas e outras bugigangas. A apenas alguns metros de distância, você pode se sentar e saborear frutas tropicais, mariscos e outros pratos cantoneses.

Como chegar- Pegue o MTR para a estação de Yau Ma Tei, saída C1, ou o MTR para a Estação Jordan, saída A.

7 - Ladie Market

O Ladies market está localizado na Tung Choi Street, em Mong Kok, a poucos passos de Nathan Road, a principal rua que atravessa Kowloon de norte a sul. Lá você encontra principalmente roupas femininas (por isso o nome “Ladies Market”), mas também relógios, CDs e vários outros produtos.

Como chegar - Pegue o MTR para a estação de Mong Kok, saída E2.

8 - Star Ferry

[img class="wp-image-811329 size-full" src="https://catracalivre.com.br/wp-content/uploads/sites/11/2016/11/Hong-Kong-Star-Ferry.jpg" alt="Hong-Kong-Star-Ferry" width="560" height="362" ]

O Star Ferry conecta a ilha de Hong Kong a península de Kowloon[/img]

O Star Ferry  é o barco que, desde 1888, conecta a ilha de Hong Kong a península de Kowloon, que está localizado a poucos quilómetros da China Continental. Apesar da ilha agora ser ligada por enormes túneis bem iluminados e pelo metro, o Star Ferry é sempre uma atração, tanto entre turistas como pelos residentes que, todos os dias, cruzam o canal que separa a ilha de Hong Kong.

Como chegar - Para chegar lá existem três portos diferentes:

Central Star Ferry Pier: você chega a ele pela da MTR Estação Kong Hong, saída A2, ou Estação Central MTR, saída A.

Tsim Sha Tsui Star Ferry Pier: você chaga a ele pela MTR Tsim Tsui Estação Sha, saída L6.

Wan Chai Star Ferry Pier: você chega a ele pela Estação Chai MTR Wan, saída A1.

9 - Vista do topo do centro comercial IFC

O International Finance Center shopping é o mais famoso complexo comercial em Hong Kong. A partir dos restaurantes no piso mais alto, você pode admirar Victoria Harbor e a península de Kowloon.

Como chegar - O IFC Mall está localizado acima da estação de Hong Kong MTR Central.

10 - Praias Shek-O e Big Wave Bay

Hong Kong é uma das poucas metrópoles que eu conheço e que é possível “escapar” para cercar-se da natureza em menos de uma hora (e utilizando apenas os transportes públicos).

A aldeia de Shek-O está localizado na parte sudeste da ilha. É onde você vai encontrar tanto a praia Big Wave Bay, um dos destinos preferidos para os surfistas, como a praia Shek-O, que é mais adequado para as famílias.

Como chegar - Pegue o metrô até a Estação Wan MTR Shau Kei, saída A3. Em seguida, pegue o ônibus número 9 para Shek-O.

11 - Ferry para Macau

Nossa sugestão seria para permanecer pelo menos uma noite em Macau, para que você possa visitá-la sem pressa. Entretanto, considerando que o primeiro ferry deixa Hong Kong às 7h, em uma viagem de apenas uma hora, e que você pode voltar para Hong Kong tarde da noite, é possível visitar a ex-colônia portuguesa em apenas um dia.

Macau foi uma colônia portuguesa e, atualmente, une a riqueza de seu centro histórico, carregado de detalhes, com o poder de seus cassinos grandiosos e modernos.

Como chegar - O Ferry pode ser pego no Terminal Marítimo de Hong Kong-Macau, na Connaught Road Central, perto da Estação MTR Sheung Wan. Os ferrys saem a cada 15 minutos, mais ou menos.

Importante: não  esqueça de levar seu passaporte, já que Macau é um país diferente e você vai precisar apresenta-lo à imigração.

12 - Hong Kong Disneyland

Admito que não fomos na Disneylândia de Hong Kong (nem qualquer outra Disneylândia). Eu recomendo para aqueles que amam esse tipo de passeio!

Como chegar - Pegue o MTR de Sunny Bay Station, em seguida, pegar a linha rosa para o Disneyland Resort.

Fizemos um Guia detalhado com toda nossa experiencia no interior da China, saiba mais aqui.

Por Alexandre Seixas e Mariana Carneiro, do blog Uma Pitada de Mundo