Quem é que nunca fez uma pesquisa no Google sobre quais os melhores lugares para viajar? O site de pesquisas faz tanta parte da nossa vida nos dias de hoje que aquele velho chavão “você é o que você come” se transformou em “você é o que você procura”. Quando se trata de viajar, os dados do Google são uma ótima maneira de descobrir quais países as pessoas estão mais interessadas em conhecer e explorar.

O gigante da internet divulgou recentemente quais foram os cinco destinos mais buscados em 2016. Londres, Paris, Nova York? Esses podem ser três dos destinos mais clássicos do mundo, mas não estão na lista.

Confira abaixo quais as cidades que combinam acessibilidade e melhor custo-benefício.

Reykjavík (Islândia)

Vista panorâmica de Reykjavík, capital da Islândia

Créditos: Vista panorâmica de Reykjavík, capital da Islândia

Vista panorâmica de Reykjavík, capital da Islândia

Nos anos 60, a Islândia teve uma ideia muito inteligente para incentivar o turismo no país: oferecer a passageiros que teriam que trocar de avião entre a América do Norte e a Europa uma parada de dois dias, de graça, na cidade. Agora, a nação é um dos destinos mais populares entre viajantes, seja na alta temporada (quando a capital tem vários festivais de arte e um clima agradável para passeio) ou fora desse período, quando é perfeito para turismo de aventura e para avistar a magnífica aurora boreal.

De acordo com os dados do Google, mulheres entre 20 e 30 anos são as que mais procuram por viagens na Islândia, porque são bem seguras para quem viaja sozinho.

Havana (Cuba)

Havana street with colorful old cars in a raw

Créditos: Havana street with colorful old cars in a raw

Os carros antigos são uma das atrações da capital cubana

Seria surpreendente se Cuba não estivesse nessa lista. Desde o fim de 2014, quando os Estados Unidos romperam o embargo com o país e reacenderam o interesse de viajantes de todo mundo em conhecer ao menos a capital, Havana, antes que ela perca seu charme peculiar. O Google afirma que os mais interessados em Havana são homens entre 30 e 40 anos.

Toronto (Canadá)

Toronto city skyline at twilight, Canada.

Créditos: Toronto city skyline at twilight, Canada.

Vista da CN Tower, um dos cartões-postais de Toronto

A facilidade de visitar o Canadá para quem está no leste dos Estados Unidos (a maioria dos que pesquisa pela cidade é do estado de Michigan) e a taxa de câmbio favorável entre os dólares americano e canadense são fatores que favorecem o turismo por lá. Muitas pessoas que procuram a cidade no sistema de busca de passagens aéreas do Google são fãs de hóquei, o que explica o interesse, já que Toronto tem um Hall da Fama de atletas do esporte.

Cidade do México (México)

Praça da Constituição ou mais conhecida como Zócalo é a principal praça da capital do México

Créditos: Praça da Constituição ou mais conhecida como Zócalo é a principal praça da capital do México

Praça da Constituição ou mais conhecida como Zócalo é a principal praça da capital do México

Se as praias do México, de Sayulita a Tulum, sempre foram o sonho de vários viajantes, só há pouco tempo a capital do país se tornou um real atrativo, por causa de sua história, arquitetura e culinária. Não vão faltar atividades para você preencher os dias na mais antiga metrópole das Américas.

Tóquio (Japão)

People walking in Shibuya  shopping district.

Créditos: People walking in Shibuya shopping district.

Bairro de Shibuya, o mais popular de Tóquio

Descolada, tecnologicamente avançada e obsessiva por comida, Tóquio é um favorito regular entre os viajantes, mas o Japão ainda não está satisfeito. O país traçou a ambiciosa meta de dobrar o turismo até 2020 e, para isso, está melhorando e reformando toda sua infraestrutura, incluindo trens invisíveis! Segundo o Google, os mais interessados em visitar a próxima sede das Olimpíadas são homens de 24 a 35 anos que amam tecnologia.

Com informações do MelhorCâmbio.com