Após morte de melhor amigo, perfil de Jojo Todynho se manifesta

A página oficial da cantora no Twitter publicou um texto em homenagem ao compadre

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O perfil oficial de Jojo Todynho no Twitter lamentou a morte do amigo da cantora, Bruno Aurélio Siqueira Brito da Silva, de 37 anos, morador do Realengo, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Ele foi encontrado morto no bairro de Senador Camará, também na Zona Oeste.  A funkeira está confinada em A Fazenda, reality show da TV Record e não foi avisada sobre o ocorrido.

jojo todynho amigo bruno
Crédito: Reprodução/TwitterApós morte de melhor amigo, perfil de Jojo Todynho se manifesta

Pela rede social, administradores do perfil da cantora compartilharam um a foto da cantora com o rapaz com a seguinte mensagem: “A equipe de Jojo Todynho lamenta a morte de Bruno Aurélio, compadre da cantora, e aproveita para esclarecer que não houve nenhum tipo de relacionamento que não fosse de amizade e carinho entre os dois grandes amigos. Nossos sentimentos a família”, publicou o perfil.

Jojo Todynho é amiga de longa data e madrinha de um dos filhos de Bruno Aurélio. De tão próximos, chegou-se a especular se os dois não teriam namorado, ou tido um caso, mas como visto acima, o perfil da cantora negou.

Segundo familiares contaram ao R7, na noite da última quarta-feira, 23, o amigo de Jojo Todynho saiu de casa para ir a uma festa com amigos e foi visto pela última vez saindo do local, após ter ingerido bebidas alcóolicas, acompanhado de uma mulher.

Momentos depois, alguém utilizou o celular do rapaz para tirar uma foto dele e postar em um dos grupos em aplicativo de mensagens, pedindo que fossem buscá-lo. O amigo de Jojo Todynho foi tirado do porta-malas de um carro e jogado em frente a uma lanchonete. e atirou nele.

De acordo com familiares, Bruno foi assassinado. A pessoa que teria tirado o amigo de Jojo Todynho do porta malas e o jogado em frente a lanchonete, atirou nele em seguida.

A ocorrência está a cargo da Delegacia de homicídios que até o fechamento desta matéria, ainda não havia se manifestado publicamente sobre o caso.