Caçador é condenado a assistir ao filme “Bambi” uma vez por mês

Condenado recebeu ordens para assistir ao clássico Disney como parte de sua sentença pela caça ilegal de cervos

Por: Redação | Comunicar erro

Protagonista “de um dos maiores casos de caça ilegal de cervos na história do estado”, segundo os agentes de conservação do Missouri, David Berry Jr. recebeu ordens para assistir ao filme “Bambi” uma vez por mês durante a sua prisão.

“A primeira exibição sendo em ou antes de 23 de dezembro de 2018, e pelo menos uma dessas exibições a cada mês”, diz a decisão do juiz do Condado de Lawrence, Robert George.

Crédito: iStock/Mickaël SauserNo filme, Bambi ainda é filhote quando testemunha a morte da própria mãe

Ele foi condenado a um ano de detenção e a outros 120 dias de cárcere no condado de Barton, esta última por violar liberdade condicional e por porte de armas de fogo. Além de ter que desembolsar US$ 51 mil (aproximadamente R$ 200 mil) em multas e custos judiciais.

“[Berry] abatia os cervos ilegalmente como troféus, principalmente à noite, por causa de suas cabeças, e largava os corpos apodrecendo”, contou Don Trotter, promotor público do condado de Lawrence, ao Associated Press.

O pai e o irmão de Berry foram presos em agosto deste ano depois de meses de uma investigação que envolveu Kansas, Nebraska e Canadá.

Compartilhe:

1 / 0